quarta-feira, 4 de julho de 2012

O peso do passado

Quando a pessoa não supera seus traumas e complexos, isso acaba influenciando negativamente suas relações futuras




Os traumas ocorridos em qualquer fase da vida podem influenciar ou retardar o amadurecimento de uma pessoa. Isso ocorre principalmente quando não se consegue lidar com tais problemas, acabando por viver em um estado constante de ansiedade a respeito do futuro, como explica a psicóloga Debora Cristian Jorge. "O peso do passado traz essa ansiedade que afeta o futuro negativamente, porque o ansioso torna-se especialista em imaginar e antecipar sempre o pior. E, se tratando de traumas passados, acaba transferindo toda e qualquer frustração para os relacionamentos futuros", comenta.


O casal Analice e Ronaldo Vieira, de 46 e 49 anos, enfrentou diversos problemas no início do casamento, que já dura 30 anos. Segundo Analice, entre os principais motivos, havia questões mal resolvidas em sua infância. "Fui criada por uma avó, sem conhecer meus pais; e isso me fez cheia de complexos e inseguranças", relata.


Analice lembra que suas expectativas em relação ao casamento eram grandes. "Não sabia como resolver os problemas que surgiam. Tentava explicar as coisas ao meu esposo com lágrimas, mas isso o deixava irritado e frustrado comigo", revela.


Por não saber dos problemas interiores que a esposa carregava, Ronaldo diz não ter agido da maneira correta. "Ela esperava carinho e eu não demonstrava. Eu era muito ciumento, chegando até mesmo a agredi-la. Nos machucamos um ao outro por falta de entendimento de como lidar com a relação", explica.


Para resolver os problemas, Analice passou a colocar a fé em prática. "Mudei meu comportamento e, como consequência, ele mudou comigo. Nosso relacionamento passou a ser baseado em respeito, confiança e amor", comemora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário