segunda-feira, 30 de novembro de 2009

Os jovens e as drogas


OS JOVENS E AS DROGAS:RESULTADO DA DESESTRUTURA FAMILIAR, DO CÍRCULO DE AMIZADES OU DO FÁCIL ACESSO A ELAS?A medicina define “dependência química” como a necessidade incontrolável de prosseguir consumindo uma substância compulsivamente, apesar de o usuário saber dos inúmeros problemas significativos que esse comportamento pode trazer, como físicos, emocionais e até mesmo financeiros. Portanto, do ponto de vista clínico, qualquer pessoa que dependa de alguma substância tóxica para viver satisfatoriamente é considerada doente, não importando se o que ela consome é a droga ilícita (como a maconha, a cocaína, o crack, etc.) ou a lícita (como o álcool e a nicotina). Hoje, a dependência química é um dos maiores problemas de saúde pública do mundo, como bem reconhece a Organização das Nações Unidas (ONU). Para médicos e psiquiatras, ter em mente que o vício é uma doença é muito importante, uma vez que retira o problema da esfera moral e social. “Com frequência, as pessoas olham para os dependentes como pessoas fracas, de pouca força de vontade, sem bom senso e sem sabedoria”. Entretanto, quando tratadas como “doentes”, pode-se abordá-las sob outra perspectiva: a de que se trata de um transtorno em que o portador desse distúrbio perde o controle no uso da substância, e sua vida psíquica, emocional, espiritual, física vão deteriorando gravemente. Nessa situação, a maioria das pessoas precisa de tratamento e de ajuda competente e adequada. O número de dependentes químicos tem crescido nos últimos anos vertiginosamente e já atinge níveis próximos aos verificados nas revolucionárias décadas de 60 e 70, afirma a ONU. Dados de 2007 mostram que 3% da população mundial, ou quase 190 milhões de pessoas, fazem uso de substâncias químicas ilícitas. Os brasileiros representam uma grossa fatia das estatísticas, embora países como Estados Unidos, Espanha e Reino Unido ainda liderem o consumo de drogas no mundo. A maconha e o haxixe, por exemplo, são utilizados por 11% da população americana, 9,7% na Espanha e 10,6% no Reino Unido. Nesses três países, o consumo de cocaína é praticamente o mesmo: 2,5% de toda a população. As estimativas são de que, na melhor das hipóteses, ao menos um terço desses usuários morreram por alguma consequência direta ou indireta das drogas.

sábado, 28 de novembro de 2009

Os três leões


Os três leões
Numa determinada floresta havia três leões.
Um dia, o macaco, representante eleito dos animais súditos, fez uma reunião com toda a bicharada da floresta e disse: “Nós, os animais, sabemos que o leão é o rei dos animais, mas há uma dúvida no ar. Existem três leões fortes. Ora, a qual deles nós devemos prestar homenagem? Quem, dentre eles, deverá ser o nosso rei?”
Os três leões souberam da reunião e comentaram entre si: “É verdade. A preocupação da bicharada faz sentido. Uma floresta não pode ter três reis. Precisamos saber qual de nós será o escolhido.”
Mas, como descobrir?
Essa era a grande questão: lutar entre si eles não queriam, pois eram muito amigos.
O impasse estava formado.
De novo, todos os animais se reuniram para discutir uma solução para o caso. Depois de usarem técnicas de reuniões do tipo brainstorming, entre outras, eles tiveram uma ideia excelente. O macaco se encontrou com os três felinos e contou o que eles decidiram: “Bem, senhores leões, encontramos uma solução desafiadora para o problema. A solução está na Montanha Difícil.”
“Montanha Difícil? Como assim?” Indagaram os leões.
“É simples”, ponderou o macaco. Decidimos que vocês três deverão escalar a Montanha Difícil. O que atingir o pico primeiro será consagrado o rei dos reis.
A Montanha Difícil era a mais alta entre todas naquela imensa floresta. O desafio foi aceito. No dia combinado, milhares de animais cercaram a Montanha para assistir a grande escalada.
O primeiro tentou. Não conseguiu. Foi derrotado.
O segundo tentou. Não conseguiu. Foi derrotado.
O terceiro tentou. Não conseguiu. Foi derrotado.
Os animais estavam curiosos e impacientes, afinal, qual deles seria o rei, uma vez que os três foram derrotados? Foi nesse momento que uma águia sábia, idosa na idade e grande em sabedoria, pediu a palavra: “Eu sei quem deve ser o rei!” Todos os animais fizeram um silêncio de grande expectativa.
“A senhora sabe, mas como?” Todos gritaram para a Águia.
“É simples”, confessou a sábia águia. “Eu estava voando entre eles, bem de perto e, quando eles voltaram fracassados para o vale, eu escutei o que cada um deles disse para a montanha.”
O primeiro leão disse: “Montanha, você me venceu!”
O segundo leão disse: “Montanha, você me venceu!”
O terceiro leão também disse: “Montanha, você me venceu, por enquanto! Mas você, montanha, já atingiu seu tamanho final, e eu ainda estou crescendo.”
“A diferença”, completou a águia, “é que o terceiro leão teve uma atitude de vencedor diante da derrota e quem pensa assim é maior que seu problema: é rei de si mesmo. Está preparado para ser rei dos outros.
Os animais da floresta aplaudiram entusiasticamente ao terceiro leão que foi coroado rei entre os reis.
MORAL DA HISTÓRIA:
Não importa o tamanho de seus problemas ou dificuldades que você tenha. Seus problemas, pelo menos na maioria das vezes, já atingiram o clímax, já estão no nível máximo, mas você não. Você ainda está crescendo. Você é maior que todos os seus problemas juntos.
Você ainda não chegou ao limite de seu potencial e performance. A Montanha das Dificuldades tem tamanho fixo, limitado.
A fé inteligente é a energia de Deus dentro de você. Use-a como ferramenta de realização dos seus sonhos. Não preste atenção nas coisas que se veem, mas nas invisíveis (sonhos) que a fé dá acesso.
Sejam abençoados em o Nome do Senhor!
Publicado por Bispo Edir Macedo

Fala Internauta


A.C. disse...
O Congresso aprovou em agosto, um acordo com a Santa Sé, sobre o Estatuto Jurídico da Igreja Católica. Percebe-se, que a igreja católica teme o aumento dos evangélicos, e até dos ateus, comparado com a redução dos fiéis católicos. Verifica-se também, que o estado é laico, mas é constantemente utilizado como instrumento político para reverter tal situação. Apesar do estado ser laico, a nação é religiosa, daí um dos interesse pelo tratado.Nós temos que nos unir e procurar votar em pessoas que professem a mesma fé. Acredito, que alguns dos projetos de lei, como os acima mencionados, ainda não foram votados ou foram rejeitados, justamente porque a bancada evangélica está em maioria no Congresso - o que permite fundamentalmente, que resguardem nossos interesse.

Drogas em família


Drogas em famíliaPor Guilherme Bryan guilherme.bryan@folhauniversal.com.br Ser filho de uma celebridade nem sempre é tão vantajoso quanto se imagina. O peso da fama dos pais, aliado às longas ausências deles e às sensações de que dificilmente os superarão em sucesso, pode gerar frustrações e levar ao consumo e ao vício em drogas. Foi o que aconteceu com o filho do ator Michael Douglas, Cameron Douglas, de 30 anos, que foi preso em 28 de julho, acusado de tráfico de drogas, com a possibilidade de ser condenado à prisão perpétua. O rapaz havia sido detido pelo mesmo motivo em 1999 e 2007. Já o irmão mais novo de Michael Douglas e também filho do ator Kirk Douglas, o ator Eric Douglas, bem que tentou, mas nunca atingiu a fama e o prestígio do pai e do irmão, e morreu em 2004, aos 46 anos, após ingerir álcool e tranquilizantes em excesso. “Ter os pais em evidência sempre será muito difícil para os filhos, uma vez que eles se tornarão modelos quase inatingíveis, ainda mais quando se opta pela mesma profissão. Imagine como foi ruim o filho de Pelé querer ser jogador de futebol”, avalia Fernando Falabella Tavares de Lima, diretor clínico do Núcleo de Estudos e Temas em Psicologia (Netpsi). O filho de Pelé, Edson Cholbi do Nascimento, o Edinho, se destacou como goleiro do Santos e depois vivenciou um verdadeiro entra e sai da prisão. Primeiro, foi detido, em junho de 2005, acusado de integrar quadrilha de traficantes de drogas. Depois, em 17 de dezembro, ele foi colocado em liberdade provisória até ser preso novamente, em fevereiro de 2006, acusado de lavagem de dinheiro. Em dezembro daquele ano, ficou livre de novo. Hoje, Edinho trabalha como auxiliar técnico do Santos. “Se o pai é um astro e passa a mensagem ao filho de que ele precisa superá-lo, aí realmente fica difícil. Não se deve exigir demais do adolescente, pois para ele é importante receber elogios dos pais e, se isso nunca acontecer, ele acreditará que tudo o que faz não agrada e então buscará chamar atenção pelo lado negativo”, argumenta Jaqueline Giusti, psiquiatra do Ambulatório de Adolescentes e Drogas do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas da Universidade de São Paulo. A filha da apresentadora de televisão Claudete Troiano, a jornalista Marcela Manso, foi presa em março de 2007, na época com 22 anos. Ela portava 20 comprimidos de ecstasy e foi acusada de tráfico. No mesmo mês, Marcela obteve habeas-corpus para aguardar o julgamento em liberdade. “Hoje em dia, as pessoas envolvidas com drogas, principalmente as sintéticas, entram na sua casa pela porta da frente. Chamam você de tia, comem da sua comida, bebem da sua bebida e andam com seus filhos. Você vai pedir atestado de antecedentes para todos que vão à sua casa?”, desabafou Claudete ao jornal “O Dia”. A frequente ausência dos pais em casa é outro complicador. “Os pais têm pouco tempo para os filhos e, quando ficam com eles, criam uma falsa sensação de que tudo é possível. Impor limites é importante para que, no futuro, eles sejam capazes de enfrentar as dificuldades sem precisar de auxílios externos, inclusive de drogas”, garante Thiago Fidalgo, do Programa de Orientação e Atendimento a Dependentes (Proad) do Departamento de Psiquiatria da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).Mau exemplo Os maus exemplos em casa também podem influenciar os filhos. Mais de um terço dos adolescentes norte-americanos já viram um dos pais ou os dois ingerirem bebidas alcoólicas e, por isso, tiveram dobradas as chances de também beberem. É o que indica estudo da Universidade da Columbia, nos Estados Unidos, divulgado em agosto. “Ver os pais usando drogas, fumando ou bebendo pode passar a mensagem de que aquilo é permitido. Por isso, é importante estabelecer regras claras e seguidas por todos, pois nenhum adolescente gosta de injustiça”, acredita a psiquiatra Jaqueline Giusti. Em abril de 2008, o presidente da Federação Internacional de Automobilismo (FIA), Max Mosley, apareceu no tabloide inglês “News of the World” envolvido em orgia em que algumas mulheres estariam vestidas com uniformes nazistas. Cerca de 1 ano depois, o filho dele, Alexander Mosley, de 39 anos, foi encontrado morto na casa onde morava, com traços de cocaína, cetamina (analgésico que produz efeito hipnótico), ecstasy, heroína e morfina na urina. Segundo a polícia britânica, o vício teria começado em função da timidez do rapaz. Algumas vezes, o próprio pai apresenta a droga aos filhos. Esse foi o caso do ator Ryan O’Neal, o galã do filme “Love Story”, de 1970, que foi preso com o próprio filho, Redmond O’Neal, de 24 anos. Eles foram detidos, em agosto de 2008, por posse de drogas. Redmond, que era filho da falecida atriz Farrah Fawcett, foi preso outras duas vezes, sendo a mais recente em abril de 2009. O mesmo motivo levou a irmã dele, a atriz Tatum O’Neal, a mais jovem vencedora do Oscar, à prisão. O irmão deles, Griffin, escolheu outro caminho. Em entrevista ao apresentador Larry King, da rede “CNN”, disse que o pai lhe ofereceu cocaína, mas ele não aceitou: “Ele me deu cocaína e disse que nós íamos assistir a um filme muito comprido chamado ‘Barry Lyndon’ (dirigido por Stanley Kubrick, em 1975, e estrelado pelo próprio Ryan O’Neal, com duração de 3 horas). Ele falou: ‘Talvez isto te ajude’. Eu tinha 11 anos e nunca faria isso com meu filho.” O roqueiro Ozzy Osbourne, de 60 anos, com longa história de dependência química, preferiu assumir a responsabilidade pelo envolvimento dos filhos Kelly, de 19 anos, e Jack, de 23, com as drogas. Os dois foram enviados para clínicas de reabilitação. Em entrevista ao mesmo Larry King, em abril de 2004, Ozzy admitiu: “É uma doença da família, está nos genes.” Para Fidalgo, a culpa nunca é só dos pais: “A primeira reação dos pais tende a ser a de se questionar sobre o que fez de errado e assumir toda a responsabilidade. Mas foi o filho quem optou pelas drogas e provocou uma situação que deve ser lidada com ajuda e com a instauração de diálogo que não represente tentativa forçada de aproximação.” Para dar o exemplo, o ator Brad Pitt contou ao entrevistador Bill Maher, da emissora norte-americana “HBO”, que deixou de fumar maconha em função dos seis filhos com a atriz Angelina Jolie. “Eu certamente tive os meus dias (de fumar maconha). Mas agora eu sou um pai”. Já o ator Paul Newman, falecido em 2008, transformou o sofrimento pela morte do filho e ator de filmes inexpressivos Scott Newman, em 1978, por overdose de drogas, na criação da companhia de alimentos Newman’s Own, cujo lucro anual de mais de US$ 100 milhões (R$ 188,6 milhões) é destinado a instituições de caridade.







O encontro com as internas 
da Fundação Casa Parada de 
Taipas começou com 
Sra Rosana presidente da Associação 
de Mulheres Cristãs (AMC)
 agradecendo a todos 
os participantes, a mensagem que 
foi entregue para as 60 meninas 
foram: 31 promessas da Palavra 
de Deus para cada dia do mês 
de dezembro. Com fé, afirma que 
Deus vai está fortalecendo e 
ajudando no caminhar.

Deus faz infinitamente além do 
que pedimos, nada impede o 
Seu realizar, e algo especial 
vai acontecer, ora e agradece pela 
vida de todos.
O espaço da quadra ficou lindo 
para receber as internas e a 
especial participação da Cantora 
Jamile que abrilhantou, 
acompanhados com o Sr. Elson e 
Sra. Maria seus pais juntos curtindo 
a alegria das meninas que soltou a 
voz com o repertório 
conhecido saudavelmente apreciado
 e alegre.

Todas as mesas ocupadas com 
as internas e voluntárias da AMC, 
dando atenção e deixando o carinho 
de irmã e mãe que muitas vezes 
por estarem longe não as veem 
nas visitas frequentes.
Todo ano a AMC acompanha o 
trabalho da Fundação Parada de 
Taipas deixando mensagens de ânimo 
e esperança, acreditando na 
mudança das meninas e 
na oportunidade de 
crescimento. Fazendo tudo com 
muito carinho e detalhe, cores 
vibrantes embeleza o cenário, 
fazendo do espaço um lugar familiar.

Cada voluntaria oferece 
sua participação, desde as 
mais talentosas quanto as 
criativas unindo esforços para 
beneficio de cada evento da AMC.
Jamile muito simpática participou 
em cada mesa, conversando e 
passando experiência como jovem 
que toda oportunidade se 
pode aproveitar para o bem.

Foi servido varios doce,salgados 
e refrigerantes nas mesas apropriadas
 e ornamentadas festivamente.
Presenteadas com cartas escritas a 
mão com mensagem de fé enviada 
por varias amigas que 
indiretamente contribuem com a 
AMC e voluntarias.


Outros mimos para ficar de lembrança 
e marcar cada momento. Ainda 
vivendo em regime fechado 
a oportunidade chega e bate a 
porta, afinal todo sofrimento tem fim 
e a chance de um novo recomeço trás 
a luz, quem aceita a melhor parte 
não fica escrava do mal.





sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Leis faça comentários

POR FAVOR LEIAM ,OREM INTERCEDAM E REPASSEM PARA O MUNDO.

'Mas olhai por vós mesmos, porque vos entregarão aos concílios e às sinagogas; e sereis açoitados, e sereis apresentados perante presidentes e reis, por amor de mim, para lhes servir de testemunho. E sereis odiados por todos por amor do meu nome; mas quem perseverar até ao fim, esse será salvo.' - Marcos 13:9 e 13

A Bíblia diz que no fim dos tempos os filhos de Deus serão perseguidos e odiados. Veja aqui abaixo algumas leis brasileiras, que, SE APROVADAS, impedirão a nossa ação à favor do Evangelho no Brasil:

· Será proibido fazer cultos ou evangelismo na rua (Reforma Constitucional)
· Cultos somente com portas fechadas (Reforma Constitucional) · As igrejas serão obrigadas a pagarem impostos sobre dízimos, ofertas e contribuições. · Programas evangélicos na televisão apenas uma hora por dia. · Pastor só poderá fazer programa de televisão, se tiver faculdade de 'jornalismo'. · Será considerado crime pregar sobre espiritismo, feitiçaria e idolatria, e também veicular mensagem no rádio, televisão, jornais e internet, sobre essas práticas contrárias a Palavra de Deus. · Pastores que pregarem sobre dízimos e ofertas, dependendo do número de reclamações, serão presos. · Pastores que forem presos por pregar sobre práticas condenadas pela Bíblia Sagrada (homossexualismo, idolatria e espiritismo), não terão direito a se defender por meio de ação judicial. · Igrejas que não realizarem casamento de homem com homem e mulher com mulher, estarão fazendo 'discriminação', poderão ser multadas e os pastores processados. · Querem que o dia do 'Orgulho Gay' seja oficializado em todas as cidades brasileiras. Reforma Constitucional – Mudanças no texto da Constituição que garantem a liberdade de culto. Se aprovadas, fica proibido culto fora das igrejas (evangelismo de rua), cultos religiosos só com portas fechadas.
Projeto nº 4.720/03 – Altera a legislação do 'imposto de renda' das pessoas jurídicas.
Projeto nº 3.331/04 – Altera o artigo 12 da Lei nº 9.250/95, que trata da legislação do imposto de renda das 'pessoas físicas'Se convertidos em Lei, os dois projetos obrigariam as igrejas a recolherem impostos sobre dízimos, ofertas e contribuições.
Projeto nº 299/99 – Altera o código brasileiro de telecomunicações (Lei 4.117/62).Se aprovado, reduziria programas evangélicos no rádio e televisão a apenas uma hora.
Projeto nº6.398/05 – Regulamenta a profissão de JornalistaContém artigos que estabelecem que só poderá fazer programas de rádio e televisão, pessoas com formação em JORNALISMO, Significa que pastores sem a formação em jornalismo não poderão fazer programas através desses meios.
Projeto nº 1.154/03 – Proíbe veiculação de programas em que o teor seja considerado preconceito religioso.Se aprovado, será considerado crime pregar sobre idolatria, feitiçaria e rituais satânicos. Será proibido que mensagens sobre essas práticas sejam veiculadas no rádio, televisão, jornais e internet. A verdade sobre esse atos contrários a Palavra de Deus, não poderá mais ser mostrada.
Projeto nº 952/03 – Estabelece que é crime atos religiosos que possam ser considerados abusivos a boa-fé das pessoas.Convertido em Lei, pelo número de reclamações, pastores serão considerados 'criminosos' por pregarem sobre dízimos e ofertas.
Projeto nº 4.270/04[/b] – Determina que comentários feitos contra ações praticadas por grupos religiosos possam ser passíveis de ação civil.Se convertido em Lei, as Igrejas Evangélicas ficariam proibidas de pregar sobre práticas condenadas pela Bíblia Sagrada, como espiritismo, feitiçaria, idolatria e outras. Se o fizerem, não terão direito a se defender por meio de ação judicial.
Projeto de nº 216/04[/b] – Torna inelegível a função religiosa com a governamental.Significa que todo pastor ou líder religioso lançado a candidaturas para qualquer cargo político, não poderá de forma alguma exercer trabalhos na igreja.
Existem outros projetos em andamento que ferem princípios bíblicos, entre eles: · Casamento de homens com homens e mulheres com mulheres. · Estabelecer um dia oficial do 'Orgulho Gay' em todas as cidades brasileiras, entre outros.

Câncer de mãe para filho


Câncer de mãe para filho
As mães podem transmitir células de leucemia para o bebê ainda no útero, pois o feto tem sistema imunológico incapaz de evitar o contágio. As chances são pequenas – existem apenas 17 casos documentados no mundo, envolvendo leucemia ou melanoma. Esse é o resultado de uma pesquisa realizada pelo Instituto de Pesquisa do Câncer da Grã-Bretanha, publicada na revista médica “Proceedings of the Natural Academy of Sciences” e baseada no caso de uma jovem e de seu filho recém-nascido, ambos com células com mutação genética cancerosa idêntica. Esse tipo de infecção era pesquisado há mais de 100 anos, mas só agora foi possível concluir que o organismo do feto não identifica as células cancerosas da genitora em função delas não terem determinado material genético. “A importância número um desse trabalho é a documentação de um evento extremamente raro e que, com testes moleculares, comprovou-se que se tratava da mesma doença na mãe e no feto. Em segundo lugar, essa descoberta pode levar a novos métodos de imunização do feto contra células doentes da mãe”, avalia Nelson Hamerschlak, do grupo de Transplantes de Medula Óssea do Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, e membro da Associação Brasileira de Linfoma e Leucemia (Abrale). (G.B.)

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Vocês sabem o que é o PLC 122?

Vocês sabem o que é o PLC 122?Para quem não sabe: É o projeto de lei que oferece direitos especiais aos homossexuais; pois se esse projeto se tornar lei, esse grupo de pessoas passará a ser intocável. Poderá ensinar e estimular suas práticas a crianças nas escolas, poderá fazer parte de um grupo religioso (até se batizar, e realizar casamentos entre pessoas do mesmo sexo!), se for ofendido, poderá pedir a prisão do ofensor; Se você disser que a Bíblia condena o homossexualismo, e for ouvido por um deles, você poderá ser denunciado por crime de discriminação, e ser preso... e por aí vai.O projeto de lei está para ser votado no senado, e nós, que somos contra, temos uma chance de impedir esse desmando:Vote na enquete criada pelo Senado Federal, e mostre sua vontade.Somente um voto poderá ser computado por cada pessoa/cada computador. Um mesmo computador não poderá votar duas vezes, porque o sistema de enquete guarda o IP (RG do computador) na hora do voto.O link é esse abaixo: http://www.senado.gov.br/agencia/default.aspx?mob=0

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Violência no comércio


VIOLÊNCIA NO COMÉRCIO:DIANTE DELA, O SENTIMENTO MAIS DIFÍCIL DE CONTROLAR É O MEDO, A INDIGNAÇÃO OU A VONTADE DE REAGIR ?Foi a partir da década de 80 que o Brasil começou a registrar os mais altos índices de violência urbana da história, até chegar, uma década depois, a ocupar as primeiras posições no ranking dos países mais violentos. Hoje, o Brasil está na oitava posição mundial em número de mortes ocasionadas por armas de fogo. De acordo com os dados que indicam a progressão como o crime evolui no país, não há perspectivas a curto prazo para o recuo desse quadro. Os principais estudos realizados internacionalmente a respeito do assunto indicam que países democráticos e de economia estável são, na maioria, mais pacíficos que aqueles em que o regime autoritário predomina. Há fortes indícios, também, de que a renda satisfatória e o acesso da população à educação são fatores que atuam diretamente na inibição da violência urbana. A existência de um governo eficiente, responsável e que preste conta à sociedade parece ser a lei determinante da paz entre um povo. Prova disso pode ser verificada com a 9ª posição ocupada pelo Japão dentre os países mais pacíficos do mundo. A Dinamarca aparece na 3ª posição, e a Noruega, no topo da lista. Entre os países de regime autoritário e de economia desestabilizada, como acontece com a maioria dos integrantes do Oriente Médio, a situação muda bastante. Quanto à passividade, o Iraque está na 121ª posição. Israel, na 119ª , e a Nigéria, na África, na 117ª . O Brasil amarga a 83ª posição. É um erro, portanto, atribuir a passividade como característica predominante do povo brasileiro, já que o País está lado a lado, pelo menos no ranking mundial da violência, com os países africanos e da região conflituosa do Golfo Pérsico. Para que se possa combater a violência, não só no Brasil como no mundo todo, é imprescindível que primeiro se apure as causas mais diretas e determinantes dela, uma vez que todo ato violento provém de um desequilíbrio social. Ela é um indício de que alguma coisa está errada há muito tempo. A violência, a partir desse ponto de vista, assume característica de reação, não de uma ação. O objetivo da maioria dos programas de combate à violência, portanto, não é simplesmente combater a violência em si, mas as origens dela. Se combatida a ação, a reação deixará de existir, e o equilíbrio social é restabelecido.

terça-feira, 24 de novembro de 2009

domingo, 22 de novembro de 2009

Conseguir um lugar de destaque


CONSEGUIR UM LUGAR DE DESTAQUE:O MAIS IMPORTANTE É TER SORTE, TALENTO OU COMPETÊNCIA?“O homem é do tamanho do seu sonho”, escreveu o poeta português Fernando Pessoa, ainda no início do século 20. Apesar de carregado de conotação lírica, esse pensamento está muito mais atrelado aos silogismos lógicos do que ao desvario doente de poetas sonhadores. O próprio homem tem se encarregado de mostrar que Fernando Pessoa não fazia poesia, mas falava de lógica, quando escreveu aquele pensamento. Um bom exemplo disso foi dado ainda no início de fevereiro pelo ex-morador de rua Geovan de Sousa Araújo, de 38 anos, que, apesar da privação financeira e das dificuldades sociais, sempre sonhou cursar uma faculdade. Depois de 19 anos tentando, o piauiense finalmente conseguiu ser aprovado no curso de matemática da UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul). Em 2007, Ubirajara Gomes da Silva, 27, assumiu o posto de escriturário do Banco do Brasil em Recife (PE), com o salário superior a mil reais mensais. Ele foi aprovado em concurso promovido pelo banco e passou em 136º lugar, entre 171 classificados. Nada muito surpreendente, não fosse o fato de Silva, até pouco tempo atrás, morar nas ruas da capital pernambucana. “Vivia de trocados que o pessoal dava, usava banheiro público e vestia roupa molhada, que tinha acabado de lavar, por falta de outra. Na rua, a agressão física e moral apareciam sem motivo aparente. Agora, troquei esse ambiente pelo de um grande banco”, conta Silva. E o que dizer de exemplos de superação como os dados pelo atual presidente norte-americano Barack Obama? De origem pobre, nasceu no Havaí, filho de um queniano e uma americana. Durante a infância e adolescência, Obama viveu todo tipo de privação, além de ser apontado pelos seus professores primários como “um exemplo a ser ignorado por quem quisesse vencer na vida”. Hoje, presidente dos Estados Unidos, Barack Obama ocupa o posto de homem mais poderoso do planeta. É considerado mais humanitário que seu antecessor e promete lutar pela paz, além de ser o homem que poderá salvar o mundo da pior crise econômica depois da quebra da Bolsa de Nova Iorque, em 1929. Abraham Lincoln, presidente dos EUA em meados do século 19, era filho de lavradores; desde cedo teve de trabalhar duro para ajudar no sustento da família. Com dedicação e acreditando em si, o pobre Lincoln se tornou um dos nomes mais conhecidos e respeitados do mundo moderno. “A maior ou a menor felicidade depende do grau de decisão de ser feliz” é uma de suas frases mais famosas.

sábado, 21 de novembro de 2009

Duas alternativas


Duas Alternativas
A águia é a ave que possui a maior longevidade da espécie. Chega a viver cerca de 70 anos. Porém, para chegar a essa idade, aos 40 anos, ela precisa tomar uma séria e difícil decisão. Aos 40 anos, suas unhas estão compridas e flexíveis e já não conseguem mais agarrar as presas, das quais se alimenta. O bico, alongado e pontiagudo, se curva. Apontando contra o peito, estão as asas, envelhecidas e pesadas, em função da grossura das penas, e, voar, aos 40 anos, já é bem difícil!
Nessa situação a águia só tem duas alternativas: deixar-se morrer ou enfrentar um dolorido processo de renovação que irá durar 150 dias. Esse processo consiste em voar para o alto de uma montanha e lá recolher-se, em um ninho que esteja próximo a um paredão. Um lugar de onde, para retornar, ela necessite dar um vôo firme e pleno. Ao encontrar esse lugar, a águia começa a bater o bico contra a parede até conseguir arrancá-lo, enfrentando, corajosamente, a dor que essa atitude acarreta. Espera nascer um novo bico, com o qual irá arrancar as suas velhas unhas. Com as novas unhas ela passa a arrancar as velhas penas. E, só após 5 meses, “renascida”, sai para o famoso voo de renovação, para viver, então, por mais 30 anos.
Muitas vezes, em nossas vidas, temos que nos resguardar por algum tempo e começar um processo de renovação. Devemos nos desprender das (más) lembranças e companhias, (maus) costumes, e outras situações que nos causam dissabores, para que continuemos a voar. Um voo de vitória. Somente quando livres do peso do passado, poderemos aproveitar o resultado valioso que uma renovação sempre traz.
Destrua, pois, o bico do ressentimento, arranque as unhas do medo, retire as penas das suas asas dos maus pensamentos e alce um lindo voo para uma nova vida. Um voo de vida nova e feliz.
Publicado por Bispo Edir Macedo

Justiça atropelada


Justiça atropelada
Na madrugada de 30 de agosto, o ajudante de sapateiro Adriano da Fonseca Pereira, de 20 anos, foi atropelado na Avenida Itaquera, na zona leste de São Paulo. Atingido por uma BMW 330i, um carro de luxo projetado para alcançar alta velocidade (capaz de chegar de 0 a 100 km/h em 7 segundos), ele morreu na hora. Após matar Pereira, o motorista, o produtor de eventos Fábio Melgar, de 29 anos, acelerou e foi embora para casa. O jovem foi apenas uma das vítimas recentes de acidentes graves envolvendo carros poderosos e motoristas, no mínimo, displicentes. Não são poucas. Na mesma semana, José Luiz de Jesus Pereira, de 58 anos, invadiu a contramão e passou por cima da bicicleta em que estava o padeiro Wellinton de Oliveira, de 29, no município de Serra (ES). De acordo com o delegado Valdemir Cavalcanti, da Polícia Civil, exames comprovaram que o motorista estava embriagado. Nos dois casos, tanto no da omissão de socorro quanto no da embriaguez, a falta de cuidado com a vida é parte de um quadro marcado pela impunidade e pela desigualdade no trânsito. Enquanto jovens ricos aceleram carros cada dia mais potentes e velozes, ajudantes de sapateiro e padeiros são esmagados e largados nas ruas.A lista de mortos e feridos no trânsito não tem fim. Dados da Polícia Rodoviária Federal apontam que, entre 20 de junho de 2008 e 16 de junho de 2009, aconteceram 138.226 acidentes, que deixaram 79.269 feridos e 6.614 mortos. Os números frios se traduzem em uma média de 18 mães perdendo filhos por dia. Isso só nas estradas federais. Nas estradas estaduais e cidades, a realidade não é diferente. Em São Paulo, capital com o trânsito mais problemático do Brasil, foram 1.463 mortos em 2007, segundo levantamento da Companhia de Engenharia de Tráfego baseado em dados do Instituto Médico Legal. As autoridades apontam para a necessidade de mudanças e lembram que há quem lucre em meio ao caos nas ruas. “Vivemos um paradoxo. Enquanto procuramos limitar a velocidade, as empresas produzem veículos mais e mais velozes”, afirmou o major Jurandir Caidukas, da Polícia Rodoviária Estadual de São Paulo, durante seminário sobre álcool e segurança no trânsito realizado na Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. No mesmo seminário, o secretário nacional antidrogas, general Paulo Uchoa, destacou que há relação direta entre uso de álcool e acidentes e defendeu que o estímulo ao consumo deve diminuir. “Faltam restrições para propaganda de vinho e cerveja, por exemplo. É preciso enfrentar os lobbies das empresas de bebidas e de propagandas”, disse. (D.S.)

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Teve TOC e hanseníase


Teve TOC e hanseníase
A estudante Fernanda Affonso, de 19 anos, tinha várias enfermidades. O transtorno obsessivo compulsivo (TOC), caracterizado por pensamentos obsessivos, era uma delas. A mãe da estudante, a dona de casa Cláudia Affonso, de 44 anos, conta que Fernanda ficou com manias de uma hora para outra: “Minha filha acendia e apagava a luz e abria e fechava a porta do armário.” Fernanda teve outras doenças. “Fiquei com problemas mentais, tomava remédios, mas não adiantava”, conta a estudante, que adquiriu ainda a hanseníase (lepra), patologia infecciosa que acomete a pele e os nervos. Cláudia conheceu a IURD ouvindo rádio. “Quando cheguei na Igreja Universal, comecei a buscar por minha filha. Foi mais de 1 ano de perseverança, mas Deus curou a Fernanda”, conta.

quinta-feira, 19 de novembro de 2009

A mentira


A MENTIRA
Mentir é falar ou dizer algo contrário à verdade; é a expressão e manifestação contrária ao que alguém sabe, crê ou pensa. Pode-se crer na mentira, falar mentira e praticar a mentira. É o engano em seus diferentes aspectos; nocivo ao ser humano e ofensa grave diante de Deus. O diabo é o pai da mentira (João 8:44) e, portanto, a mentira é um instrumento diabólico que o homem usa para sua própria perdição. O mais triste é que o homem ama a mentira, não ama a verdade pois ele é mau por natureza (Romanos 1:25; Apocalipse 22:15).
A juventude, em termos gerais, está sendo arrastada à perdição eterna pelo prazer transitório da inclinação à droga, sexo, etc. Tudo não passa de uma grande mentira; é enganoso, anormal, trazendo prejuízos físicos, morais e espirituais. Tais coisas podem ser definidas como praticar a mentira. Esta prática abrange os mais variados aspectos da mentira como idolatria, homicídio, adultério, fornicação, cobiça, etc



Espanhola enganou os EUA com história falsa de 11 de setembro
Tania Head dizia ser sobrevivente do ataque às Torres Gêmeas, mas ela nem nos EUA estava no dia do terror
Thiago Varella, do R7
Texto:

Foto por Reprodução
Tania Head, em Nova York
Tania Head comoveu os Estados Unidos contando como conseguiu sobreviver aos atentados de 11 de setembro de 2001. Sem o menor pudor, ela contava que estava no 78º andar da Torre Sul do World Trade Center, trabalhando pela companhia de investimentos Merill Lynch, quando o primeiro avião se chocou contra o prédio.
Milagrosamente, Tania teria conseguido fugir somente com um ferimento no braço, enquanto seu noivo, Dave, que estava na Torre Norte, acabou morrendo.
Tania passou a frequentar reuniões de grupos de sobreviventes e familiares de vítimas. Todo mundo acreditava na história dela. Alguns choravam. A mulher chegou a organizar visitas ao marco zero da tragédia, na cratera onde ficama as Torres Gêmeas. Saiu na TV, conheceu o prefeito Rudolph Giuliani e até se tornou presidente de uma associação de sobreviventes. Posou para fotos ao lado de outros políticos e conseguiu feitos como um aumento de verbas para as ONGs ligadas aos ataques e a abertura dos escombros para a visitação de outros sobreviventes e parentes de vítimas do 11 de setembro.
No entanto, Tania não era umas das dezenove pessoas que estavam na lista oficial dos sobreviventes que estavam acima do ponto de impacto do avião. A história era tão chocante que ninguém duvidou dela. Mas Tania mentiu. Só que sua fantasia durou cinco anos . Só foi desmascarada pelo jornal The New York Times, que desconfiou do relato da impostora.
Ela mentiu tanto que até seu nome era outro. Tania Head chamava-se, na verdade, Alicia Esteve Head, espanhola nascida em Barcelona que nem ao menos estava em Nova York no dia dos ataques. Quando a tragédia ocorreu, ela assistia um curso na cidade espanhola.
Até hoje, ninguém sabe ao certo por que Tania mentiu. A espanhola não obteve nenhum tipo de lucro com a história. Muito pelo contrário, ela até doou dinheiro à associação de sobreviventes. Sobreviventes do atentado lembram que ela enviava e-mails regulares a eles. Nos textos, ela parecia se empolgar com a fama e com os holofotes.
Descoberta a farsa, Tania, ou melhor, Alicia sumiu. Foi divulgado que os pais dela teria sido presos anos antes por fraude financeira. Depois de algum tempo desaparecida, surgiu um e-mail na caixa de mensagens de alguns sobreviventes do 11 de setembro dizendo que a espanhola havia se suicidado. Mas, por causa do passado de lorotas, fica difícil acreditar na nova história.

Corpo e verão.


CORPO E VERÃO:A CORRIDA DESENFREADA PELO CORPO PERFEITO É OBSESSÃO, UMA EXIGÊNCIA DA ESTAÇÃO OU DA MÍDIA?Em países situados entre os trópicos, como é o caso do Brasil, onde o verão predomina praticamente o ano todo, o culto ao corpo é quase uma imposição social. Hoje, a preocupação com a aparência física atravessa todos os setores, classes sociais e faixas etárias, apoiada num discurso que ora lança mão da questão estética e ora da preocupação com a saúde. Submeter-se aos mais inusitados esforços a fim de alcançar cor, medidas e visual perfeitos é lei e ultrapassa, muitas vezes, os limites do bom senso. Receitas caseiras para perder peso, que não têm base científica alguma, dietas baseadas no consumo de água e biscoitos salgados, recomendadas por uma amiga ou vizinha, e caminhadas quilométricas são práticas perigosas, mas em alta nesta época do ano. Uma grande parcela da população não mede esforços para exibir uma boa forma física na temporada de verão, quando as roupas minúsculas e leves valorizam as formas do corpo. Com algumas exceções, as pessoas se empolgam com o verão e cometem excessos nas atividades físicas. Os propósitos, no entanto, parecem ser sempre os mesmo: necessidade de se adequar a um padrão de beleza pré-estabelecido ou, simplesmente, de ser admirada. Mas quando alcançar o corpo perfeito se torna o único objetivo de vida, é hora de tomar cuidado. O excesso pode levar à futilidade. O cirurgião plástico Ivo Pitanguy, um dos mais respeitados profissionais do mundo, considera exagerado o atual “culto ao corpo”, principalmente no Brasil, com clima e inúmeras praias tão convidativas à exposição das belezas do corpo. “O que não pode acontecer é esse culto ao corpo se sobrepor ao culto à inteligência”. E acrescenta: “A cirurgia plástica ou outro método qualquer que priorize a aparência existem para você se sentir bem com você mesmo, não é para os outros”. Além do mais, cuidar da aparência física tem de ser um ato saudável, não de sacrifícios quase insuportáveis. Por isso mesmo, o imediatismo deve ser combatido, como aconselha a maioria dos especialistas em educação física e nutrição: “É inútil querer fazer num só dia o que deveria ser feito ao longo de semanas ou meses. Agir assim e o mesmo que escovar os dentes sete vezes no domingo ao invés de fazê-lo todos os dias na semana. Não adianta, isso não vai trazer resultados práticos. A atividade física deve ser feita diariamente”.

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Porque desviei da fé


Porque desviei da fé
Desviei porque soube que o pastor roubou dinheiro da oferta…
Desviei porque Deus não me respondeu…
Desviei porque minha vida estava muito restrita…
Desviei porque arranjei um namorado incrédulo…
Desviei porque caí em tentação…
O único motivo que afasta a pessoa da fé é o pecado. Poucos sabem que o pecado é um espírito e que o pecador é escravo dele, ensina o Senhor. Quando alguém aceita Jesus como Salvador mas não se mantém salvo é porque nunca foi liberto. Talvez a palavra forte do pastor a fez aceitar Jesus, mas o problema é que ela não entregou a sua vida para Ele!
Esse é um dos grandes problemas na igreja denominacional. Não na Igreja cujo Cabeça é o Senhor Jesus!
As pessoas se convencem, mas não se convertem. Daí o fato de tantos crentes desviados…Eles apresentam uma série de razões para saírem fora da fé. Mas a verdadeira razão é que NUNCA foram livres! Congregavam nas igrejas, mas continuavam escravos… Como o Senhor diz que o escravo não fica sempre na casa… Eles acabam saindo.
Em compensação, os verdadeiros filhos permanecem firmes e fortes na fé.
“O escravo não fica sempre na casa; o filho, sim, para sempre.” ( João 8.35 )
Quem é filho, cuida para não se envolver com o escravo a fim de não colocar em risco a sua fé.
Publicado por Bispo Edir Macedo

domingo, 15 de novembro de 2009

Recaída nos vícios


RECAÍDA NOS VÍCIOS:O QUE DECIDE O SUCESSO DE UNS E A DERROTA DE OUTROS É O TRATAMENTO, A DETERMINAÇÃO OU O PRÓPRIO ORGANISMO? “Eu, Christiane F., 13, Drogada, Prostituída” foi o maior best-seller da década de 70. A trama conta a história verídica da então jovem e rebelde alemã Christiane F., que experimentou a primeira dose de heroína aos 13 anos e aos 14 começou a se prostituir para sustentar o vício. Atualmente, com 46 anos, Christiane volta a ganhar destaque na imprensa mundial, mas, infelizmente, pelos mesmos motivos que a tornaram conhecida há mais de 30 anos. “Christiane tem buscado amizades da antiga época das drogas, passa a noite na casa de amigos e frequenta uma praça de Berlim famosa como ponto de venda e consumo de drogas”, noticiou o tabloide alemão B.Z. Após anos lutando contra o vício, a alemã virou uma espécie de símbolo de garra e persistência naquele país. No Brasil, a trajetória de Christiane foi utilizada inúmeras vezes como referência de que vencer o vício é possível. “Leitura indispensável para aqueles que estão passando, hoje, por aquilo que ela já passou e conseguiu vencer”, aconselhavam os terapeutas especializados no combate às drogas. No entanto, em recente entrevista a uma emissora de TV alemã, Christiane confessou ter muito medo de ter uma recaída mais dura e que ingere diariamente um medicamento usado no tratamento de dependentes de heroína. “Tomo diariamente uma pequena dose. O medicamento, para mim, é uma segurança para que eu possa criar meu filho e não caia definitivamente num buraco!” Christiane afirmou também que se sente à margem da sociedade. Desempregada, a alemã vive do dinheiro que ela recebe mensalmente dos direitos autorais da obra que a tornou famosa. Para os cientistas, depois que um viciado abandona as drogas, fatos simples ou vinculados ao consumo de narcóticos, como passar por um vizinho ou escutar uma melodia, podem despertar lembranças que o levam de novo ao consumo das substâncias. Por isso, a reincidência é tão grande. “Abandonar as drogas vai muito além de deixar de consumi-las. Quando a pessoa deixa de usar essas substâncias, ela passa a frequentar lugares diferentes, ter amizades diferentes e praticar atividades diferentes. Durante esse acentuado processo de mudanças, no entanto, o mundo que ela deixou não desaparece completamente. A pessoa pode ir à casa da nova namorada, mas se no caminho ela passar por um rua ou praça onde ela consumia droga, a lembrança pode levar à reincidência”, explicam os cientistas. Pesquisadores americanos já identificaram a parte do cérebro que parece processar as memórias que levam os ex-consumidores de drogas a reincidir. O próximo passo agora será desenvolver substâncias psicofarmacológicas capazes de atuar nessa região cerebral.

sábado, 14 de novembro de 2009

Orientação longe das drogas


Orientação e informação são armas para garantir um futuro longe das drogas
Melhor idade para tratar do assunto é à partir dos 9 anos. Polícia realiza trabalho preventivo nas escolas

O crack invadiu as ruas de São José dos Campos e mudou a vida de famílias inteiras. Mas, há sim uma saída e a informação é a esperança de um futuro bem longe das drogas. As crianças tem muitas dúvidas, e a presença da polícia agindo como um amigo na escola desinibe e rompe a dificuldade de falar sobre drogas. Gabriel, aluno: "O que eu faço quando alguém me oferecer drogas?"
Policial: "Temos dizer não, mas com educação. Nós nunca sabemos a reação da pessoa que está ofertando". Caroline, aluna: "Quais as consequências para quem usa drogas?"
Policial: "É raro o número de pessoas que consegue sair, e acabam em dois caminhos. A morte, ou a prisão. Os adolescentes são conduzidos à Fundação Casa". A aula com o policial faz parte do programa da Polícia Militar de orientação nas escolas. O Proerd é um programa americano, que está há onze anos na região e mais de 50 mil crianças já passaram por ele. A melhor idade para tratar deste assunto é à partir dos 9 anos. É nesta fase que as crianças tem mais professores, conhecem mais pessoas e conseguem colocar em prática o que eles aprendem em sala de aula. Veja também:
Dados alarmantes mostram que o crack é a droga mais consumida em São José Combater o vício do crack e da cocaína não é fácil, mas é possível Carência familiar é um dos principais motivos do aumento do uso de crack pelos jovens A psicóloga Cristina Cardoso Lima lembra que os pais e a sociedade são fundamentais nessa lição. "Nós todos passamos exemplos para nossas crianças e nossos jovens. E hoje nós não somos bons exemplos, passamos violência, consumismo, imediatismo. E a droga tem a característica de potencializar essa busca", explica.
ExemploFoi ainda jovem que tudo começou. Depois de doze anos na vida de Marco Antônio, o crack ficou no passado. "O crack é o limite. Eu só não matei, o resto eu fiz de tudo. Bate uma angústia, um aperto, um desejo de falar 'poxa, será que eu posso só uma vez?', mas ao mesmo tempo já vem aquela coisa, 'não, eu não posso, se eu fizer mais uma vez, tudo vai por água abaixo'". Há um ano e um mês, Marco está longe do crack. "Como eu dei um passo pra entrar, alguém pode dar um passo pra sair". É assim, com passos firmes que ele caminha em direção ao futuro. "Grandes coisas pra mim hoje em dia, são meu trabalho, milha filha e a alegria da minha mãe. Posso entrar em uma loja de cabeça erguida, posso pagar minhas contas, lutar pelo que eu não podia. Quero ser alguém um dia, ter minha casa, meu carro e as pessoas que me amam, ao meu lado". A receita? Força de vontade. "Coragem. A palavra chave é coragem!", diz Marco.

sexta-feira, 13 de novembro de 2009

COM QUE ROUPA EU VOU.


“COM QUE ROUPA EU VOU”:O MODO DE SE VESTIR REFLETE O CARÁTER, O PADRÃO ESTABELECIDO OU DEVE OBEDECER À OCASIÃO? No último dia 22 de outubro, o 6º Batalhão de Polícia Militar Metropolitana de São Bernardo do Campo (SP), foi acionado para dar apoio a uma causa até então inédita: escoltar a saída de uma estudante de turismo da Uniban. O motivo: ela vestia roupas consideradas "curtas demais" pelos alunos da instituição. Por conta do tumulto causado pelos alunos, que gritavam nomes de baixo calão e cercavam a sala de aula onde ela se encontrava, a moça aguardou a chegada dos policiais já vestida com um jaleco branco sobre seus “trajes mínimos”, assim descrito por um aluno da Uniban. Seguranças e professores deram proteção à jovem enquanto a polícia não chegava. Muitos estudantes gravaram a cena de constrangimento e publicaram vídeos na internet, o que tornou o caso conhecido em praticamente todo o País. Alguns internautas deixaram uma série de mensagens de repúdio à postura dos estudantes da Uniban; outros parabenizaram a atitude. A estudante não tem frequentado as aulas desde o ocorrido. Segundo informações da Secretaria do Campus da unidade ABC, onde aconteceu o caso, não houve queixa de agressões físicas, mas uma sindicância foi instaurada para apurar o incidente. Se nas instituições particulares, reconhecidamente frequentadas pelas elites, o cenário preocupa, na rede pública de ensino, principalmente nas escolas de níveis fundamental e médio, a situação é ainda pior: De 500 escolas públicas analisadas pelo Estado, em 33% delas houve depredação de automóveis de professores e demais funcionários da unidade. Outras 51% sofreram arrombamento. Em mais de 3,5% ocorreu, no interior do prédio, detonação de granadas, e outras 3% sofreram disparos de armas de fogo. E o dado que talvez seja o responsável pelas demais ocorrências: 88% dessas escolas não possuem policiamento preventivo.

Proibição a adoção de gato preto na sexta feira 13


Proibida a adoção de gato preto na sexta feira 13
A medida do Centro de Controle de Zoonoses é para evitar que os animais sejam adotados para serem maltratados
Do R7
Texto:
Foto por Getty Images
Crueldade com animais dá mais azar que todas as sextas feiras 13O CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) da Prefeitura de São Paulo proibiu nesta sexta-feira 13 a adoção de gatos pretos e outros animais que não estejam muito bem de saúde.A medida é tomada para evitar que eles sofram maus-tratos. No dia do Halloween e na Semana Santa acontece a mesma coisa. Nestas datas, há risco de os animais serem sacrificados, por isso há esta proibição. A partir de segunda-feira (16), a adoção destes animais volta a ser liberada.Na quinta-feira (12), a Secretaria Estadual de Saúde, também disponibilizou no site o novo manual de recomendações para controle de população de cães e gatos no Estado de São Paulo. Além disso, foi criado FOCA, um curso de Formação de Oficiais de Controle Animal, que tem o objetivo de divulgar políticas públicas que garantam a saúde da população e também o bem-estar dos animais.

A tempo para Ação e Oração.


Ação ou Oração?
Saber separar o momento certo entre oração e atitude é fundamental na conquista dos benefícios da fé. Muitas vezes, apela-se à oração quando se deveria tomar atitude. Outras, toma-se atitude quando se deveria orar. Por conta disso, oportunidades são desperdiçadas e derrotas acrescentadas.
O exemplo de Moisés serve como lição. Ao sair do Egito, chegou diante do Mar Vermelho liderando três milhões de pessoas, dentre as quais anciãos, grávidas, crianças, recém-nascidos, animais, além de seus pertences. Na retaguarda, sob o comando do próprio Faraó, vinha o furioso exército egípcio armado até aos dentes. Moisés não tinha armas nem exército para se defender. A dificuldade de locomoção não lhe permitia fugir. Tecnicamente, não havia nenhuma saída.
Muitas vezes nos deparamos com situação semelhante. O que fazer? A gravidade daqueles momentos era tão intensa que Moisés nem orou. Mas clamou.
“Por que clamas a Mim? Mande o povo seguir em frente. E você estenda o cajado, toque o Mar e divida-o para o povo passar”, foi a resposta Divina. (Exodo 14. 15,16)
Deus tem provido Seu povo do cajado da fé. Tal ferramenta exige atitude. Fé é ação! Se há certeza absoluta, há fé. E, se há fé, por que orar ou mesmo clamar quando se sabe o que deve ser feito?
Publicado por Bispo Edir Macedo

quinta-feira, 12 de novembro de 2009

Pais estressados,filhos asmáticos


Pais estressados, filhos asmáticos
Ter pais estressados, aliado a outros fatores socioeconômicos, faz com que as crianças tenham mais chances de apresentar asma. Esse é o resultado de um estudo da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, publicado, em julho, no “Proceedings of the National Academy of Sciences”. “Não é que o estresse cause asma, mas sim que ele aumenta a incidência dos sintomas em quem já é asmático. Afinal, a asma possui forte componente emocional”, garante o doutor João Carlos Corrêa, presidente da Associação Brasileira de Asmáticos (Abra). Os pesquisadores acompanharam, durante 3 anos, 2.497 crianças, de 5 a 9 anos, com histórico de asma. Destas, 120 desenvolveram a doença. Depois, foram analisados, por meio de questionários, fatores de risco como exposição ao ar poluído, e também educação, renda familiar e níveis de estresse dos pais. O resultado é que, mesmo havendo maior probabilidade de asma entre crianças expostas a poluição, as chances da doença aumentam ainda mais para aquelas com pais que descrevem o estresse em casa como “incontrolável e esmagador”. O estudo complementa pesquisas anteriores, que apontaram que mulheres estressadas na gravidez também elevavam as chances de filhos com asma ou outras alergias. (G.B.)

quarta-feira, 11 de novembro de 2009

FALA VOLUNTÁRIO


Ana Maria disse...
BOA TARDE A TODOS Comparando o que a conteceu ontem com a volta do Senhor Jesus Cristo.Fica uma pergunta como será para aqueles que não aceitaram a JESUS CRISTO como redentor e salvador de suas vidas.Pois para nós cristãos não há nada mais precioso do que a salvação.QUE DEUS ABENÇOE A TODOS OBREIRA ANA MARIA - IURD - JACANA -SP

Vamos fazer um reflexão no dia da Vinda do Senhor Jesus






Minha filha chegou a noite da Faculdade e falou papai eu pensei que era a vinda do Senhor Jesus. Eu respondi um blacaute de 6 horas o que aconteceu nesta terça feira do dia 10/11/09 não será comparado o horror que irá acontecer no dia da vinda do Senhor Jesus.
29 E, logo depois da aflição daqueles dias, o sol escurecerá, e a lua não dará a sua luz, e as estrelas cairão do céu, e as potências dos céus serão abaladas.
30 Então aparecerá no céu o sinal do Filho do homem; e todas as tribos da terra se lamentarão, e verão o Filho do homem, vindo sobre as nuvens do céu, com poder e grande glória.
Mateus 24:29;30
Publicado por Pastor Geraldo Vilhena
ALGUMAS MATERIAS O QUE ACONTECEU NESTE BLECAUTE
Mulher de 50 anos morre em assalto durante apagão
De acordo com a polícia foi um latrocínio, em que há roubo seguido de morte
Do R7, com DIreto da Redação
Texto:
Confira também
Apagão ainda afeta transporte e trânsito
Itaipu diz que opera normalmente desde as 6h
Sistema de emergência de SP foi acionado
Uma mulher de 50 anos foi assassinada na madrugada desta quarta-feira (11) na hora do apagão, na avenida do Café, na Vila Guarani, região sul de São Paulo.
De acordo a polícia, o crime foi um latrocínio, em que há roubo seguido de morte. Ela estava dentro de um carro preto quando foi abordada pelos suspeitos. A mulher chegou a ser levada para o pronto-socorro, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Vela provoca incêndio em prédio em Niterói
Moradores tiveram de esvaziar prédio de 17 andares
Do R7, no Rio
Texto:

Confira também
Acompanhe o apagão minuto a minuto
Apagão atinge dez Estados e Distrito Federal
Apagão provoca tumulto nas ruas de São Paulo
Uma vela provocou um incêndio em um prédio em Niterói, na região metropolitana do Rio. O edifício de 17 andares foi atingido pelo apagão, que afeta 11 Estados e mais o Distrito Federal na madrugada desta quarta-feira (11).
Os moradores tiveram de sair correndo do prédio, que fica na rua Joaquim Távora, em Icaraí, mas ninguém ficou ferido
Hospital no Rio suspende cirurgias após apagão
Salgado Filho está com problemas no fornecimento de água
Camila Ruback, do R7, no Rio
Texto:


Confira também
Ministro diz que Rio foi o mais afetado
Trens e metrô voltam a funcionar no Rio
CET reforça fiscalização
O hospital Salgado Filho, no Méier, zona norte do Rio de Janeiro, suspendeu as cirurgias marcadas para esta quarta-feira e informou que somente serão realizadas as operações de emergência. Segundo a unidade, o fornecimento de água está prejudicado, desde o apagão que começou na noite desta terça-feira (10), e as reservas estão sendo utilizadas. Os outros procedimentos acontecem normalmente. Não foram registrados problemas nos hospitais Souza Aguiar, no Centro, Miguel Couto, na Gávea, zona sul, e Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca, zona oeste. O gerador demorou a funcionar na maternidade Osvaldo Nazaré, na Praça 15, mas o atendimento a gestantes e bebês não foi afetado. A Secretaria Estadual de Saúde divulgará balanço das atividades nos hospitais ainda nesta quarta-feira. O ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, disse, nesta madrugada, em Brasília, que o Rio de Janeiro foi o Estado mais atingido pelo apagão que deixou sem luz também parte de São Paulo, Paraná, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Espírito Santo, Goiás, Santa Catarina, Pernambuco, o Distrito Federal e o Paraguai. As causas ainda estão sendo investigadas e não há um balanço oficial do prejuízo.
Criminosos aproveitam apagão para fazer arrastões na Grande São Paulo
Estações do Metrô e lojas são alvo de bandidos
Do R7
Texto:


Foto por Gazeta Press
Veja mais fotos do blecauteCruzamento da Av. Paulista, que também foi atingida pelo apagão
Criminosos aproveitam o apagão e realizam arrastões pela Grande São Paulo. Leitores do R7 relataram casos na região central e Osasco. Dez estados e o Distrito Federal são atingidos pelo blecaute.
Na estação Marechal Deodoro do Metrô, passageiros saíram correndo do local dizendo que estavam sendo vítimas de roubos. O mesmo aconteceu na estação do Brás, também na linha vermelha do Metrô.
O mesmo aconteceu na avenida São João, onde usuários de crack da região atacavam os pedestres. Na região do Itaim Bibi, na zona sul da cidade, assaltantes invadiram lojas. Em Osasco, criminosos realizaram um arrastão na estação de trem.
O GOE (Grupo de Operações Especiais) da Polícia Civil de São Paulo reforçou o policiamento nas delegacias da cidade que ainda têm carceragem para evitar fugas de presos durante o apagão.




Mulheres,pobres e desempregadas


Mulheres, pobres e desempregadas
Por Guilherme Bryan guilherme.bryan@folhauniversal.com.br Ainda que o Brasil tenha enfrentado a crise com menos turbulências que boa parte do mundo, há um dado sobre o desemprego que ainda estarrece e preocupa. Quem sofre com a ausência de um trabalho fixo ainda são os mais pobres e principalmente as mulheres. Mulheres de 21 a 40 anos, com renda familiar per capita de até meio salário mínimo (o equivalente R$ 232 para cada integrante da família) e pelo menos 11 anos de escolaridade são a maioria dos desempregados das regiões metropolitanas de Porto Alegre, São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Salvador e Recife. É o que indica estudo do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) baseado em levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em julho de 2009. Naquele mês, enquanto 60% dos desempregados possuíam de 21 a 40 anos, 55,2% deles eram do sexo feminino, 56,1% tinham estudado por 11 anos ou mais e 34,5% estavam entre os mais pobres. A promotora de lojas Maria Rosa Cerqueira Sampaio faz parte desse grupo: tem 30 anos, cursou o ensino médio (o equivalente a 11 anos de estudos), mora na periferia de São Paulo e está há 2 meses sem emprego. “Hoje, parece ser mais fácil para uma pessoa com 15 anos conseguir um emprego, em função do incentivo do Governo ao primeiro emprego, do que para quem já passou dos 30. Você se sente desvalorizada”, diz ela, que confirma o preconceito dos empregadores contra os mais pobres: “Muitas pessoas preferem nem colocar o próprio endereço no currículo, com medo do preconceito.” Esse preconceito na contratação de pessoas pobres foi destacado pelo economista Marcio Pochmann, presidente do Ipea: “Os pobres melhoram a escolaridade, mas não conseguem se inserir no mercado de trabalho. ” Segundo ele, isso se deve ao fato de a ampliação da escolaridade ser mais acelerada do que a criação de vagas. Wagner Gomes, presidente da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), tem opinião semelhante: “Nos últimos 10 anos, foi destacada a necessidade das pessoas se capacitarem para conseguir um emprego. Mas, depois do esforço para se formar, muitas delas não encontram vagas para exercer a profissão. Outro problema é que, num mercado de trabalho tão defasado, os jovens acabam sendo mais contratados do que as pessoas de mais idade.”

terça-feira, 10 de novembro de 2009

Espíritos Enganadores


Espíritos Enganadores
É o que mais tem nas igrejas e por isso há tantos escândalos e mal testemunho no meio ‘cristão’. Os espíritos enganadores estão por detrás das fofocas, dissenções, das rebeliões, e dos pecados escondidos. Eles aprontam todos os dias e em todo lugar. E quem não é nascido, acaba sendo usado por eles.
A urgente necessidade do novo nascimento está mais relacionado à natureza espiritual do que qualquer outra coisa.
O nascido do Espírito é espírito, o que significa ter a natureza de Deus. Só assim estará apto para enfrentar o inferno em condições de vencê-lo.
Além disso tem discernimento para identificar os espíritos enganadores e saber como neutralizá-los.
Satanás procura em tudo imitar a Obra de Deus.
Enquanto o Espírito Santo escolhe pessoas para conduzir Seu povo à salvação, Satanás tem levantado líderes carismáticos para gerir carne e assim tentar confundir, se possível, até os eleitos de Deus.
“Por isso o Senhor Jesus disse: Muitos, naquele dia, hão de dizer-me: Senhor, Senhor! Porventura, não temos nós profetizado em teu nome, e em teu nome não expelimos demônios, e em teu nome não fizemos muitos milagres?” ( Mateus 7.22 )
Como saber quem é quem?
O homem de Deus é conhecido, não pelas suas realizações, mas pelo seu caráter espiritual.
Só quem é espírito pode discernir espíritos. Quem tem a natureza carnal não tem essa capacidade.
Publicado por Bispo Edir Macedo

segunda-feira, 9 de novembro de 2009

Comportamento violento dos universitários.


COMPORTAMENTO VIOLENTO DOS UNIVERSITÁRIOS:É REFLEXO DA SOCIEDADE EM QUE VIVEM, DAS LEIS QUE OS PROTEGEM OU DA IDADE?No último dia 22 de outubro, o 6º Batalhão de Polícia Militar Metropolitana de São Bernardo do Campo (SP), foi acionado para dar apoio a uma causa até então inédita: escoltar a saída de uma estudante de turismo da Universidade Bandeirante (Uniban). O motivo: ela vestia roupas consideradas "curtas demais" pelos alunos da instituição. Por conta do tumulto causado pelos alunos, que gritavam nomes de baixo calão e cercavam a sala de aula onde ela se encontrava, a moça aguardou a chegada dos policiais já vestida com um jaleco branco sobre seus “trajes mínimos”, assim descrito por um aluno da Uniban. Seguranças e professores deram proteção à jovem enquanto a polícia não chegava. Muitos estudantes gravaram a cena de constrangimento e publicaram vídeos na internet, o que tornou o caso conhecido em praticamente todo o País. Alguns internautas deixaram uma série de mensagens de repúdio à postura dos estudantes da Uniban; outros parabenizaram a atitude. A estudante não tem frequentado as aulas desde o ocorrido. Segundo informações da Secretaria do Campus da unidade ABC, onde aconteceu o caso, não houve queixa de agressões físicas, mas uma sindicância foi instaurada para apurar o incidente. Se nas instituições particulares – reconhecidamente frequentadas pelas elites – o cenário preocupa, na rede pública de ensino, principalmente nas escolas de níveis fundamental e médio, a situação é ainda pior: De 500 escolas públicas analisadas pelo Estado, em 33% houve depredação de automóveis de professores e demais funcionários da unidade. Outras 51% sofreram arrombamento. Em mais de 3,5% ocorreu, no interior do prédio, detonação de granadas, e outras 3% sofreram disparos de armas de fogo. E o dado que talvez seja o responsável pelas demais ocorrências: 88% dessas escolas não possuem policiamento preventivo.

UMA PALAVRA PODE MUDAR A SUA VIDA


domingo, 8 de novembro de 2009

Combate às drogas


Combate às drogas
A Assembleia Legislativa de Santa Catarina homenageou dezoito instituições e pessoas que atuam de maneira efetiva no combate ao uso de drogas, especialmente no consumo de crack. A iniciativa tem como base a campanha “Crack Nem Pensar!”, do “Grupo RBS”. Entre os homenageados, destacou-se o jornalista o presidente da IURD, Jeronimo Alves.