quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

Arrependida de ter casado? e agora







Você queria sair da casa dos seus pais, achou que estava ficando velha, ou pensou que mais tarde o amaria… Se casou e agora está arrependida. Sente inveja das moças solteiras e  tem contemplado a ideia de desaparecer da face da Terra.


O casamento é um voto sagrado diante de Deus e não deve ser feito se existir qualquer dúvida a respeito; mas hoje em dia as pessoas entram e saem de casamentos aos milhares. É por causa da dureza do coração humano que Deus fala sobre o divórcio em Mateus 19:8. Não me entenda mal: Ele não é e nunca foi a favor do divórcio, mas os nossos corações enganosos mais uma vez O levaram a fazer exceções.


Seu casamento ainda pode dar certo, mesmo se você não teve as intenções certas antes de se casar. Com Deus, tudo é possível! Ele pode ajudá-la a amar esse homem agora. Como? Assim como todas as outras coisas com Deus: você faz a metade, Ele faz o resto.


O amor não é um sentimento. É muito mais profundo do que isso. Amor é dar. Se você começar a dar de si mesma para o seu esposo, você o estará amando e receberá esse amor em troca.


O amor vê de uma forma diferente. O mundo diz que o amor são rosas, romance e sexo. Deus diz que o amor é paciente e benigno. Não arde em ciúmes, não se ufana, não se conduz inconvenientemente, não procura os seus próprios interesses (leia I Coríntios 13). Se você buscar a Deus por esse amor verdadeiro, Ele lhe dará. Mas se continuar esperando sentir esse amor, Deus não poderá ajudá-la. É como a fé: obedeça, independentemente do que você sente ou vê.


Uma vez que trabalhe em si mesma, você estará trabalhando também no seu casamento e ele vai se tornar o casamento que você sempre sonhou.

UNIVERSAL NA FUNDAÇÃO CASA


Todo bem que aqui se faz, é uma semente que irá nascer.
E foi o que aconteceu na última terça-feira, na Fundação Casa Parada de Taipas, durante mais uma visita das mulheres da AMC. Incansáveis no trabalho de somar esforços para aumentar ações solidárias, elas deixaram no coração de cada interna, uma semente de amor e esperança, e promoveram uma grande festa, repleta de agradáveis surpresas.



A cantora Isis Regina iniciou o evento presenteando a todos com lindas canções, que contagiou a todos! A Banda musical Nova Essência também marcou presença com muita alegria e colocou todos pra dançar. A música é um elemento fundamental e de grande importância em eventos como esses.





A Presidente da AMC, Sra. Rosana Gonçalves, também foi homenageada pela Cantora Isis, que a entregou o primeiro CD gravado com músicas exclusivas da AMC. Ela ficou muito feliz com a surpresa e disse: “Todos os dias que antecedem nossa visita aqui, é muito especial”! Quando escrevemos essa faixa “Mais feliz é aquele que perdoa, do que aquele que é perdoado”, olhamos primeiramente para nossa vida. E foi por isso que eu quis trazer essa mensagem pra vocês também.
Sem o perdão de Deus somos como pássaros em uma gaiola, mas quando alcançamos o seu perdão, somos livres para voar.
E foi nesse clima de perdão que a Sra. Rosana pediu para que todos dessem as mãos, para clamarem pelo perdão e misericórdia de Deus. Na oração, disse que o perdão faz esquecer completamente todos os pecados, que são jogados no mar do esquecimento.



A associação de Mulheres Cristãs também se preocupou com a autoestima das internas e por isso as presenteou com lindas cestas de produtos de beleza, contendo: 05 secadores, 06 pranchas, 14 alicates de unhas, esmaltes, escovas de cabelo, algodão, creme para as mãos e kits completos de maquiagem.


A Sra. Rosana recitou um lindo poema sobre a areia molhada e, em seguida, cada uma das presentes recebeu o livro “O perdão”, do Bispo Macedo, e uma bíblia personalizada da AMC.Assim sendo, a AMC, mais uma vez, cumpriu sua missão de levar solidariedade e conforto espiritual para aqueles que mais precisam.












Para finalizar todos se deliciaram com muitos salgados,doces,sucos e refrigerantes oferecidos pelo grupo AMC. Ao som da Banda Essência.














Video AMC- Fundação Casa Parada de Taipas.


Nenhum comentário:

Postar um comentário