sexta-feira, 20 de julho de 2012

Um amor verdadeiro



Em protesto, aposentada indignada com a prisão do bispo Macedo, em 1992, enviou telegrama ao então presidente da República, Fernando Collor de Mello. Drama da cadeia será contado em autobiografia inédita, que será lançada em agosto em todo Brasil




Durante os 35 anos de existência da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD), muitos fatos marcantes ocorreram. Em 1992, quando o bispo Edir Macedo, líder e fundador da IURD, foi preso injustamente em São Paulo, diversos membros sofreram junto com o bispo as calúnias e difamações proferidas. A pensionista Julita Vianna Dultra, de 78 anos, lembra-se desse período turbulento enfrentado pela Igreja e seus fiéis.


Além da acusação indevida contra o bispo, os membros eram alvo frequente de acusações e chacotas. Indignada com a forma com que a prisão ocorreu, Julita enviou um telegrama para o então presidente do Brasil, Fernando Collor de Mello, declarando o seu descontentamento com a prisão injusta do líder da Igreja. "Entrei para a IURD em 1990, após uma vida inteira de sofrimento, e através das palavras de fé do bispo Macedo tive minha vida transformada. Com toda aquela injustiça, eu não poderia simplesmente cruzar meus braços. Eu sempre tive certeza da inocência dele", declara.


Como uma boa militante da fé, Julita declara seu amor pela IURD. Ela conta que os maiores problemas enfrentados antes de chegar à Igreja eram relacionados ao esposo, falecido há 10 anos. "Ele tinha esquizofrenia paranoica, ataques epiléticos, depressão e era viciado em maconha e cocaína desde os 13 anos. Após anos de sofrimento, eu comecei a participar de correntes na Universal e meu marido me acompanhava. Por meio da fé, conquistamos um casamento feliz", afirma.


Seu amor e carinho pela IURD e pelo bispo Edir Macedo são tão sinceros que Julita comprou um computador e recebeu aulas básicas de informática da filha e do neto para poder acessar diariamente o blog do bispo (www.bispomacedo.com.br) e a IURD TV (iurdtv.com). "Fico o dia inteiro conectada nas transmissões da IURD TV. Através desse canal, Deus tem abençoado a mim e a minha família. Sou eternamente grata à IURD por me apresentar a esse Deus tão maravilhoso!", diz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário