quinta-feira, 28 de novembro de 2013

MÚSICAS QUE FALAM DE AMOR:INSPIRAM, DEPRIMEM OU NÃO SURTEM NENHUM EFEITO?



MÚSICAS QUE FALAM DE AMOR:INSPIRAM, DEPRIMEM OU NÃO SURTEM NENHUM EFEITO?Psicólogos da Universidade de São Paulo analisaram a relação entre música e o comportamento de 364 pessoas que estavam em busca de um relacionamento amoroso. Diante delas, colocou-se um álbum com fotos dos possíveis pretendentes. Enquanto as fotos eram analisadas, os pesquisadores alternavam a música ouvida pelos voluntários, através de fones de ouvido. Os resultados surpreenderam. Depois de diversas experimentações, os pesquisadores perceberam que a escolha do parceiro mudava com a mesma frequência com que a música era mudada. Sabendo-se que determinadas músicas deixavam os candidatos mais propensos a determinados tipos físicos, os realizadores da pesquisa se convenceram de que podiam interferir diretamente na escolha final do indivíduo. O estudo confirmou também que o funcionamento do corpo humano é diretamente afetado pelas vibrações sonoras. Acordes consonantes ou dissonantes e diferentes tipos de intervalos exercem efeito sobre a pulsação e respiração. A pressão sanguínea pode diminuir, ou ser elevada, de acordo com a continuidade de determinados acordes. Algumas melodias, construídas por programas de computador, agem no sistema nervoso central e funcionam como anestésico. A intenção é, futuramente, levar esses softwares para as clínicas odontológicas particulares, por exemplo. Nos Estados Unidos, pesquisa semelhantes, divulgada pela Sky News, mostrou que 65% das pessoas submetidas a análise enquanto dirigiam, reconheceram a influência da música no comportamento ao volante. Uma porcentagem equivalente de voluntários afirmou que certos tipos de música são capazes de provocar exaltação suficiente para colocar a condução do veículo em risco. Estudos e trabalhos periciais já apontaram a escolha da música como resultado determinante na ocorrência de alguns acidentes de trânsito. Quanto às mensagens subliminares transportadas por algumas canções, os pesquisadores admitem que são uma realidade e que podem ser as responsáveis, por exemplo, induzir o indivíduo à bebida, numa balada. Ou, então, pelo esgotamente em poucos minutos de determinado produto, no supermercado. Em todos os casos, no entanto, os cientistas esclarecerem que a influência musical ou das mensagens subliminares no cormportamento só acontecem em indivíduos predispostos a esses efeitos.




UNIVERSAL NA FUNDAÇÃO CASA



Pastor Geraldo Vilhena observa, que está havendo um grande crescimento espiritual e educacional na vida dos internos da Fundação Casa.
E usado como fonte a FOLHA UNIVERSAL.




Esta dinâmica é feita nas Unidades da Fundação Casa, com a orientação dos técnicos da Fundação Casa e Obreiros da IURD do Estado de São Paulo.







Nenhum comentário:

Postar um comentário