domingo, 16 de março de 2014

Veja como a internet afeta negativamente a vida dos casais

Mulheres reclamam de seus parceiros














Muitos casamentos acabam porque o casal não entende ou não consegue enxergar pequenos problemas. Na vida a dois existem dificuldades com as quais é preciso lidar todos os dias para que não se transformem em conflitos que contribuam para o fim da relação.
Presente na vida da maioria das pessoas para facilitar a comunicação, encurtar caminhos e abrir novas possibilidades, a internet é um caso clássico de que aquilo que se faz com a tecnologia pode ser prejudicial ao relacionamento.
Muitas mulheres reclamam que seus parceiros passam muito tempo na web. Uma pesquisa do Ibope divulgada no final do ano passado revela que no Brasil os homens estão em maior número e navegam mais na internet do que as mulheres.
Em junho de 2013, o tempo de navegação masculina foi maior que o das mulheres. Enquanto os homens permaneceram 64 horas na web, as internautas brasileiras gastaram 52 horas e 18 minutos, em média.
Reclamações femininas
Apesar de a pesquisa não abordar qual tipo de conteúdo é acessado, parece que as reclamações femininas se referem ao fato de que os companheiros visitam sites pornográficos e de relacionamentos para falar com outras mulheres.
A internauta Neiva Moura (nome fictício) escreveu para o blog do bispo Renato Cardoso contando que estava passando por uma situação como essa: Há mais de 1 ano eu deixei de confiar nele. Ele manda mensagens para outras mulheres e já brigamos muito. Só não me separei ainda por causa do nosso filho.”













O que fazer?
Para o bispo, muitas pessoas sofrem em relacionamentos onde há traições reais ou virtuais, mentiras e chantagens emocionais, pois acabam se tornando cúmplices de quem as agride. “O mais intrigante, porém, não é a maldade do agressor, e sim a cumplicidade da vítima. É algo doentio, porque parece que elas não conseguem ver que viraram escravas dos abusadores.”
O bispo alerta que quem está em uma relação assim precisa despertar para a realidade. “Uma das condições básicas para estar em um relacionamento é conhecer o próprio valor. Tenha uma conversa firme com o parceiro para colocar suas condições e limites; até mesmo uma separação, ainda que temporária, para que o parceiro mude.”
No entanto, é necessário reconhecer que existe o abuso. “Decida que não aceitará mais isso, mesmo que lhe custe o relacionamento. Priorize sua segurança e passe a desenvolver o seu senso de valor próprio para não ceder novamente às promessas de mudança sem provas reais de que essa aconteceu. As pessoas só nos respeitam quando respeitamos a nós mesmos”, conclui o bispo.



UNIVERSAL SOCIAL
AMC NA FUNDAÇÃO CASA



Grupo promoveu um evento na unidade de Parada Taipas, com a presença da cantora Jamile


Recentemente, a Associação de Mulheres Cristãs (AMC) promoveu um evento para as internas da Fundação Casa de Parada de Taipas, na região metropolitana de São Paulo, com a presença da cantora Jamile, que agradou a todos com a sua música.
A responsável pelo grupo, Rosana Gonçalves, levou uma mensagem de fé para as mais de 60 meninas queparticiparam do encontro, contendo 31 promessas da Palavra de Deus – uma para cada dia do mês.
“Com fé, Deus vai lhe fortalecer e ajudar no seu caminhar. Ele faz infinitamente além do que pedimos, e nada impede o Seu realizar. Algo especial vai acontecer”, determinou Rosana.
O espaço da quadra foi decorado pelas voluntárias da AMC, para receber Jamile e as internas. A cantora soltou a voz, sendo acompanhada em coro por todos os presentes.
Durante todo o ano de 2012, a AMC realizou várias ações e observou de perto o trabalho da Fundação Casa de Parada de Taipas, procurando sempre levar uma mensagem de ânimo e esperança para as internas, bem como para a direção da entidade.  

UNIVERSAL NA FUNDAÇÃO CASA




As unidades de Internação Paulista e Nova Vida, da Fundação CASA na Vila Maria, recebem a UNIVERSAL para um evento.

















A banda Eterna Aliança e a cantora gospel Cristina Miranda se apresentaram aos internos e familiares, que estavam presentes. Na UI Paulista, o pastor Osvaldo Volpini orou com os jovens, e ressaltou a importância das mães na família e na recuperação dos internos.
















As mães dos adolescentes receberam tratamento de manicure, cabeleireiro e receberam rosas de seus filhos. Para completar a festa foram servidos também salgadinhos, algodão doce e sorvetes.






























O diretor da UI Nova Vida, Leandro Medeiros, exaltou a temática religiosa da comemoração “alem da solidariedade o apoio espiritual é essencial para essas mães, que passam por um momento delicado”.

















Já na UI Nova Vida a convidada foi a escritora Carlinda Tinoco, que distribuiu livros e autógrafos, alem de recitar uma poesia em homenagem às mães.





































Nenhum comentário:

Postar um comentário