quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

CIÚME:NA MAIORIA DAS VEZES ACONTECE DEVIDO AO COMPLEXO DE INFERIORIDADE, A RIVAL TEM MAIS QUALIDADE OU ONDE HÁ FUMAÇA HÁ FOGO?






 CIÚME:NA MAIORIA DAS VEZES ACONTECE DEVIDO AO COMPLEXO DE INFERIORIDADE, A RIVAL TEM MAIS QUALIDADE OU ONDE HÁ FUMAÇA HÁ 
FOGO?

Machado de Assis, autor do clássico romance Dom Casmurro, perpetuou sua obra e sua grandiosidade literária ao abordar, de forma inteligente e realista, o ciúme e a devastação que esse sentimento pode provocar na alma e na vida das pessoas. Também na música popular brasileira o ciúme é tema frequente. Grandes sucessos de Chico Buarque, Caetano Veloso, Lupicínio Rodrigues, entre outros, abordam a relação estreita e tênue entre esse complexo sentimento e o amor. Mas, se por um lado o ciúme pode servir de base para a inspiração de vultosos artistas, por outro, ele pode ser também o responsável pelo sofrimento e tormenta na vida de muitos casais. De acordo com a quase totalidade dos psicólogos, o ciúme é um sentimento inerente à espécie humana. Em maior ou menor grau, todo mundo já o experimentou em algum momento da vida e, diferentemente do que imagina aquele que é acometido por ele, o ciúme é uma reação pessoal, voltada exclusivamente para a pessoa que o sente. É diferente, por exemplo, de algumas sensações como o medo despertado por um lugar, pela altura ou por algum inseto, que vêm do exterior (meio) para o interior (indivíduo). O ciúme em excesso é também, portanto, uma manifestação própria de personalidades com tendências egocêntricas. Quando manifestado de forma mais grave, o que pode comprometer a saúde mental e até mesmo física das pessoas, o ciúme é chamado de patológico pela psiquiatria. Nesses casos, o portador desse distúrbio paranoico não é capaz de diferenciar fantasia e imaginação da realidade. Os principais sintomas são extrema desconfiança e constante busca de provas e confissões por parte do parceiro. São comuns também ansiedade, depressão e um forte sentimento de humilhação acompanhado pelo desejo de vingança. Algumas pessoas relatam experimentar durante esses episódios um acentuado aumento da libido. Tal distúrbio, se detectado, deve ser rapidamente tratado, pois pode induzir o portador a tomar atitudes que colocam em risco a própria vida e a de outros. Há que se ressaltar também que o ciúme natural e racional, quando bem dosado, é um importante indicador da importância que se dá ao outro. A ausência dele, portanto, pode ser tão prejudicial quanto o excesso. E talvez venha daí a expressão “temperar a relação”. Como o sal, ciúme de mais pode ser perigoso; de menos, deixa tudo muito insosso e sem-graça


UNIVERSAL NA FUNDAÇÃO CASA


Nesta ultima quinta feira, voluntários da IURD estiveram presentes, na Fundação Casa Vila Leopoldina, realizando um grande debate sobre drogas e suas conseqüências,
Para abençoar a unidade esteve presente, o Pastor Geraldo Vilhena Coordenador de evangelização, nas unidades da Fundação Casa de São Paulofez uma oração, na qual abençoou a unidade, os adolescente, e funcionários, na oração pediu a Deus que cada adolescente pudesse ter um encontro com Deus.
Em seguida chamou os palestrantes para que pudessem desenvolver o debate.






O primeiro que falou foi o palestrante Robson de Moraes. Disse ele, eu gostaria, de deixar três coisas bem claras eu não vim julgar ninguém, eu vim simplesmente
Alertar vocês do mundo que tive a atras, eu quero que você pergunteesclareça suas duvida em relação as drogas.
adolescente pergunta:como você entrou no mundo das drogas,e qual foi sua primeira experiência?
Robson responde tudo aconteceu na minha vida por falta de esclarecimento, no tempo de escola com 13 anos,hoje eu não tenho um pedaço do meu corpo em conseqüência das drogas, infelizmente por pura curiosidade a minha primeira experiência foi com cocaína quando o amargo desce os dentes encavalam, a cocaína ela te da um ar de heroísmo, e você fica disposto a tudo.
Nelci Paiva pergunta: Cristiano quais foram suas experiências com as drogas?
Cristiano responde: Passei maus bocados por causa das drogas já experimente de tudo até êxtase, Quando a droga entra no organismo ela faz uma devastação, você perde totalmente a noção do que é certo ou errado, eu cheguei em um nível bem perto da morte.
José Maria Pergunta: É você Cristina como foi a sua experiência com as drogas?
Cristina responde: Passei pelo vale da sombra e da morte. Vivi um inferno, já passei pela Fundação Casa porque matei um policial, a minha experiência com as drogas foi a pior de todas já tomei até back, Em certas loucuras eu matava pelo simples prazer, sentia até gosto de sangue na boca,
Adolescente pergunta: Sra Cristina qual foi o momento mais difícil da sua vida?
Cristina responde: Foi quando vi minha mãe ser esquartejada pelos bandidos cortaram ela em pedaços e atearam fogo. Pois ela também era do mundo do crime.
Dimas Eugênio coordenador pergunta: O crime ele é ilusão e compensa?
Robson responde: O crime ele te dá prazer mais ao mesmo tempo ele te da uma rasteira.
Nelci pergunta você já colocou a sua família em risco?
Robson responde:
Sim ficava muito agressivo dentro de casa chegando ao ponto de colocar minha mãe em risco. Roubei um carro sem saber que era de um policial, os policiais foram atrás De mim na minha casa. arrebentaram a porta para me matar.Minha mãe ficou na minha Frente abriu a camisola e disse para o policial para matar meu filho vai ter que atirar em mim primeiro. Então um olhou para outro e disse que lá fora tinha muita gente e foram Embora sem atirar em mim.
Dimas coordenador pergunta: A droga ela está relacionada a dinheiro, vocês mais ganharam dinheiro ou gastaram?
Resposta: todos riram pois o dinheiro escoria pelo ralo.
Adolescente pergunta: vocês já tiveram overdose?
Resposta: os quatro já passaram por overdose.
Adolescente pergunta: Qual a cena que mais marcou no mundo do crime?
Robson responde:
Foi quando um jovem foi mandado comprar a droga, para um outro do grupo Mas quando ele voltou com a droga ele tinha usado um pouco. e quando chegou O que tinha mandado comprar percebeu e



O que mais me chamou a atenção foi o desabafo de um adolescente, disse: que aos treze anos de idade queria ganhar muito dinheiro e foi até ao candomblé fez um pacto com o mal e começou a ganhar muito dinheiro, e no decorrer do tempo foi perdendo tudo, e com isso começou a roubar, em uma dessas se deu mal e foi parar na Fundação Casa. Robson, convida o jovem que fez o pacto com o mal para fazer dessa vez um pacto com Deus, assim como ele fez um pacto com o diabo e o diabo destruiu sua vida, Deus irá reconstruir novamente. Após o debate Robson Moraes fez uma oração de libertação , para que cada adolescente com a ajuda de Deus reconstruísse suas vidas longes das drogas, e só isso é possível com a ajuda de Deus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário