quarta-feira, 30 de maio de 2012

FUNDAÇÃO CASA GUARULHOS RECEBE VISITA DA IURD JUNTAMENTE COM O BLOCO DE AJUDA AOS DEPENDENTES QUÍMICOS




 Nessa último DOMINGO, 27/05, já na parte da manhã a IURD começou cedo os preparativos, para a festa em comemoração ao mês de maio, que se comemora o dia das mães, voluntários da IURD estiveram na Fundação Casa de guarulhos, para dar início ao evento

 esteve presente o Pastor Geraldo Vilhena Coordenador responsável pelo trabalho de evangelização em unidades da Fundação Casa de São Paulo, que fez uma oração de libertação das drogas, este é o grande mal que tem atingido nossa sociedade,
 após a oração chamou o diretor da Casa Sr Cleber Leandro Miguel, Pastor Geraldo agradeceu pela oportunidade, que a Fundação Casa tem dado para a IURD, trabalhar com o projeto Espiritual em cada Unidade, 

  Sr Cleber, Disse: “E uma satisfação ter a IURD como parceira na recuperação desses jovens, pois temos notado uma diferença no comportamento de cada um que participa dos cultos, que este evento sirva para cada adolescente refletir sobre suas atitudes”. Em seguida,
 ”. Em seguida, Pastor Geraldo fez a apresentação do bloco de ajuda aos dependentes químicos. ESTE BLOCO TEM A FINALIDADE DE ALERTAR SOBRE O CAMINHO PERIGOSO QUE É AS DROGAS. Amauri da inicio ao debate, fala da sua trajetória no mundo das drogas.
 Sra Cristina também relatou seu testemunho. disse ela: fiquei 20 anos no mundo do crime, minha mãe foi esquartejada, passei por várias situações, já passei pela Fundação Casa com 13 anos ninguém podia comigo, só parei de usar as drogas quando vi meu filho, indo pelo mesmo caminho que fui, foi quando tive um encontro com Deus, hoje sou liberta. e vivo uma vida diante de Deus.
 Cristiano filho de Cristina, fala como entrou no mundo das drogas e como conseguiu sair.
 Elza, passa uma experiência para as mães dos internos como é triste de ter alguem da família no meios das DROGAS.
 Ubiracy, fala de sua filha que ficou liberta das DROGAS

 . Entre os palestrantes Sra Nelma fala das sequelas que as drogas deixaram no seu organismo, em virtude do uso das drogas. hoje luta contra um câncer. Pastor Geraldo pergunta: Sra Nelma, qual o conselho que a Senhora da, para estes adolescente que estão começando no mundo das drogas?Ela responde: Olha é um caminho sem volta, ou você se apega com Deus, ou o Caminho é um caixão ou a cadeia. Mãe pergunta: à partir de quando Sra nelma, a  senhora desistiu das drogas? Nelma responde:Quando no fundo do poço vi que não tinha mais jeito, lutei e foi só com a ajuda de Deus que tive forças , para sair do mundo das drogas.
 Robson de Freitas fala como foi a sua experiência com diversos tipo de DROGAS. A sua maior tristeza e ter perdido o seu sonho de ser um jogador de futebol,pois o mesmo perdeu uma perna para as DROGAS
 Robson de Freitas após pedir a ajuda de cinco jovens para puxar uma de suas pernas e para a surpresa de todos, saiu uma prótese em virtude de um acidente de moto, pois está drogado.

 

 Robson de Freitas, fez uma oração da fé para os internos se libertarem das DROGAS;

 
Em seguida Pastor Geraldo chamou o time de futebol do Bloco de Ajuda aos Dependentes Químico e os adolescente da Fundação casa para um amistoso de futebol. A partida ficou assim 13 para a IURD e 11 para a Fundação Casa. teve até direito a medalha de premiação.
 
 
 
 
 
 
E para completar a festa, foi servido , salgados, refrigerantes, e muito bolo, para a alegria de todos.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

FAMOSOS E TRAUMAS DE INFÂNCIA


CERCA DE 180 MILHÕES DE ADULTOS, O EQUIVALENTE A 2,5% DA POPULAÇÃO MUNDIAL, SOFREM COM ALGUMA SEQUELA DECORRENTE DE TRAUMAS VIVIDOS NA INFÂNCIA


COM RELAÇÃO A TRANSTORNOS EMOCIONAIS DECORRENTES DE OUTRAS CAUSAS, SITUAÇÃO SE AGRAVA, METADE DA POPULAÇÃO DO PLANETA (3,5 BILHÕES) É ATINGIDA POR ELES

A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que quase metade da população mundial, o equivalente a cerca de 3,5 bilhões de pessoas, sofra de algum distúrbio de cunho emocional e que outros 400 milhões sejam vítimas da depressão, a mais comum das desordens psíquicas. Com isso, o consumo de medicamentos psicoativos em países como Estados Unidos já superou o de remédios para a redução de peso e de colestorol.

Também nos Estados Unidos foi verificado que, entre 1987 e 2007 o número de crianças diagnosticadas com algum tipo de transtorno de ordem psíquica aumentou 35 vezes. Na população adulta esse aumento foi de duas vezes e meia. Hoje, portanto, 10% dos americanos com mais de seis anos de idade tomam algum tipo de psicotrópico, especialmente os antidepressivos.

Na América Latina o cenário pouco muda, e as vítimas da depressão somam 24 milhões, sendo que  60% dos casos de suicídio registrados no continente envolvem pessoas desse universo, e é o sexo masculino o mais atingido. Os homens depressivos morrem quatro vezes mais por suicídio do que as mulheres, embora as estatísticas mostrem que elas cometem mais tentativas que eles.

ANSIEDADE ATINGE 1,75 BILHÃO NO MUNDO

Depois da depressão, os transtornos de ansiedade, como fobias, transtornos obsessivo-compulsivos (TOC) e pânico são os mais freqüentes. Eles atingem 25% da população mundial (cerca de 1,75 bilhão).

Todas essas enfermidades são capazes de limitar a vida cpor completo. Há inúmeros relatos de portadores de distúrbio de ansiedade, por exemplo, que dizem ter perdido quase tudo para o transtorno: o emprego, uma grande proposta de trabalho, amigos e até mesmo o casamento. Para os médicos, isso acontece porque, apesar de essas doenças estarem cada vez mais presentes na vida das pessoas, elas ainda  despertam muito preconceito, o que leva o doente a sofrer calado, piorando a situação.

PRECONCEITO

A maioria dos que sofrem com depressão ou outro distúrbio psíquico qualquer se recusa a se tratar, seja por meio de  psicoterapia, seja  tomando remédio. Esses, de acordo com os psiquiatras, devem praticar exercício físico com regularidade (melhora o humor e a autoimagem) e aumentar o número de atividades diárias capazes de lhes dar prazer. A comunidade médica também é unânime ao afirmar que cultivar uma crença e cuidar da "alma" responsavelmente proporciona resultados tão bons (senão melhores) que os obtidos por meio da medicação tradicional.

terça-feira, 29 de maio de 2012

EM BUSCA DE JUSTIÇA NO BRASIL


JUSTIÇA NA BALANÇA: 98% DA PAPOLUÇÃO NÃO CONFIA NO PODER JUDICIÁRIO BRASILEIRO, QUE ESTÁ ENTRE OS CINCO MAIS LERDOS E BUROCRÁTICOS DO MUNDO, SEGUNDO REVELA O IBOPE


O índice de insatisfação com a Justiça brasileira bateu recorde histórico em 2010, quando 98%  da população reprovando a atuação do judiciário. Há menos de uma década os insatisfeitos representavam 85%. Como comparação, nos Estados Unidos esse número está em torno de, no máximo, 20% desde os anos 90. Os dados são do Ibope e foram coletados a partir de pesquisa realizada entre maio e junho de 2010 em oitos capitais brasileiras.

A descrença na Justiça do País é explicada por meio de casos como o de São Paulo, o Estado mais próspero da Federação, onde qualquer processo entre a primeira e a segunda instância leva, em média, sete anos e pode chegar a mais de 10 anos para ser julgado. E embora o Brasil já tenha embarcado na era científico-tecnológica, em mais de 27% das varas - a maioria no Nordeste -   a informática ainda é pouco ou nada utilizada. Nelas, ainda se encontram as velhas máquinas de escrever à mesa e profissionais pouco capacitados para trabalhar com as novas tecnologias.

De acordo com os especialistas, para amenizar  esse quadro, é preciso aprender com os outros países e examinar dados estatísticos de lugares onde a Justiça se mostre eficiente. Sabe-se, por exemplo, que o número de juízes no País é muito inferior aos padrões ideais. Na Alemanha, há um juiz para cada 3 mil habitantes. No Brasil , existe um juiz para cada 30 mil habitantes. Para chegar aos padrões europeus, portanto, o País teria de dar um salto dos atuais 15 mil juízes para algo em torno dos 156 mil.

BAIXA ESCOLARIDADE SE REFLETE NO DESEMPENHO DA JUSTIÇA

Além do difícil acesso a profissionais da área e principalmente com a falta de instrução, a baixa escolaridade do brasileiro se reflete diretamente no bom funcionamento da Justiça,  condição esta que o impossibilita de ter consciência de que está sendo lesados. Prova disso é que, também de acordo com o Ibope, 42% da população que compõe as classes C e D acredita que a Polícia Militar é o próprio Poder Judiciário. Para piorar o quadro, quando se recorre a uma causa, a morosidade do processo quase sempre vence a sociedade pelo cansaço, situação esta já esperada num país que está entre os cinco do mundo em ineficiência e burocracia do sistema judiciário

PRESO INJUSTAMENTE POR 19 ANOS

Marcos Mariano da Silva passou 19 anos de sua vida preso por um crime que não cometeu. E o pior: nunca teve direito a um julgamento. O caso ocorreu na região metropolitana de Recife, em 1976, quando Silva foi acusado de assassinato. Na época, Marcos Mariano dirigia um táxi e, durante uma parada para o almoço, um homem ferido se apoiou no carro dele e sujou o capô e o vidro de sangue. Esta suposta prova custou quase duas décadas de reclusão a ele.

Em setembro, o Superior Tribunal de Justiça, em Brasília, reconheceu a injustiça cometida contra Marcos Mariano e se referiu ao episódio como "o maior erro judicial da história do Brasil". Na terça-feira daquele mês (22), Silva recebeu a notícia pela qual esperou a vida toda: iria receber a segunda parte da indenização, no valor de R$ 1 milhão. Aliviado, foi tirar um cochilo, como fazia todos as tardes. Por volta das 19 horas, no entanto, o "homem mais injustiçado do País" foi encontrado sem vida. Ele sofreu um infarto enquanto dormia.

segunda-feira, 28 de maio de 2012

Pratas da casa: Testemunhos de fé e perseverança dos primeiros membros da IURD



Muito o que comemorar


A comerciante Marileide Sales Costa, de 72 anos, tinha uma vida marcada por doenças e problemas financeiros antes de chegar ao Cenáculo do Espírito Santo, em meados de 1984, em Belém, no Pará. "Não tinha prazer em viver, era muito triste. Cheguei a procurar ajuda em outras religiões, mas não obtive sucesso", afirma.


Ela conta que o primeiro templo da Igreja Universal na região ficava em um estacionamento frequentado incialmente por poucas pessoas. "Não tinha batistério, batizei-me em um tanque; existiam apenas bancos de madeira, uma cadeira e o microfone do pastor", lembra.


Depois de frequentar as reuniões e se firmar com Deus, Marileide viu sua vida mudar. Hoje, quase 3 décadas depois, ela comemora as vitórias obtidas. "Minha vida foi transformada, tenho meu comércio, minha casa própria e, principalmente, paz e alegria. Vivo para Jesus. Tenho muito o que comemorar", afirma.

domingo, 27 de maio de 2012

SOLTEIROS POR OPÇÃO


APESAR DE A MAIORIA TER COMO META ENCONTRAR ALGUÉM PARA COMPARTILHAR A VIDA, CONFORME DETERMINAM AS LEIS DA NATUREZA HUMANA, DOUTRINAS FILOSÓFICAS QUE DEFENDEM QUE O HOMEM SÓ ATINGE A PLENITUDE SE VIVER SÓ GANHAM CADA VEZ MAIS ADEPTOS
O filósofo alemão Martin Heidegger (1889-1976) afirma, em sua obra intitulada "Ser e Tempo", que estar só é a condição original de todo ser humano, e que cada um de nós é só no mundo. É como se o nascimento fosse uma espécie de lançamento da pessoa à sua própria sorte, acredita.

"NO ESTADO DE SOLIDÃO, NÃO SE CORRE O RISCO
DE EXPERIMENTAR O GOSTO AMARGO DA FRUSTRAÇÃO"
(Martin Heidegger, filósofo alemão)

Ainda de acordo com Heidegger, o homem só pode ser considerado um ser autêntico quando aceita a solidão como o preço de sua própria liberdade. Em outras palavras, quando se está só, não se sente a responsabilidade da existência, uma vez que, nesta condição, vive-se exclusivamente para si. No estado de solidão, também não se corre o risco de experimentar o gosto amargo da frustração por não atingir objetivos. O isolamento não traz cobranças, tampouco expectativas próprias ou de terceiros.

"O HOMEM SÓ PODE SER CONSIDERADO
UM SER AUTÊNTICO QUANDO
ACEITA A SOLIDÃO"
(Martin Heidegger, filósofo alemão)

Apesar de tudo e de toda a liberdade física e emocional proporcionada pelo estado de solidão, é possível ser feliz sozinho? Para muitos filósofos, e também para Heidegger, sim, e essa é também a grande questão da existência. É por meio dessa premissa que se explica, de acordo com os pensadores modernos, a existência de mais de 60 milhões de brasileiros adultos vivendo sozinhos, sem nenhuma intenção de procurar um parceiro com quem dividir a vida.

Para os adeptos dessa teoria, a solução para o sentimento de solidão não é encontrar uma pessoa para preencher o vazio existencial, não é encontrar um passatempo ou realizar-se financeira e profissionalmente, tampouco é encontrar uma estratégia para driblar a falta de companhia. A solução é aceitar que se está só no mundo. Simplesmente isso. Mas será que agir desta forma é realmente o segredo da felicidade? Não conseguir aceitar a solidão pode ser, então, o motivo para que tantos sofram?

"A SOLUÇÃO É ACEITAR
QUE SE ESTÁ SÓ NO MUNDO"

Por outro lado, existem defensores árduos de uma lei antropológica que diz que "nenhum homem é capaz de sobreviver completamente isolado da sociedade". O clássico filme "O Enigma de Kasper Hauser" retrata bem essa premissa. Isolado do mundo até os 17 anos, Kasper Hauser, ao ser libertado, comportava-se com ser vegetal, sem nenhum "repertório" de personalidade ou autossuficiência.

"NENHUM HOMEM É CAPAZDE SOBREVIVER ISOLADO"
(Do clássico "O Enigma de Kasper Hauser", que contesta a teoria de Heidegger)

Todo indivíduo, como bem mostra o filme, é um ser sócio-histórico que se condiciona aos hábitos do meio  em que vive, ou seja,  é o reflexo do conjunto de suas relações sociais. Portanto, também todos os traços físicos e mentais são, ao mesmo tempo, modelados genética e ambientalmente, e não apenas através de processos biológicos.

A primeira etapa de formação do indivíduo, segundo essa premissa, seria moldada  através do convívio familiar, época em que ele interage com pai, mãe, irmãos e demais parentes.  A segunda viria da relação homem-mulher, na fase adulta. "Portanto, quando uma dessas etapas é eliminada, acaba-se com a proposta de ser autêntico, tão defendida por Heidegger", alegas os seguidores dessa linha filosófica.

sábado, 26 de maio de 2012

FUNDAÇÃO CASA FENIX RECEBE VISITA DA IURD JUNTAMENTE COM MULHERES DO PROJETO RAABE

 
Nessa última terça-Feira em comemoração ao mês de maio que se comemora  o dia das mães, voluntários da IURD estiveram na Fundação Casa Fenix. para dar início ao evento esteve presente a senhora Carlinda responsável pelo projeto Raabe, rompendo o silêncio, que tem a finalidade, de proteger mulheres que sofrem agressão física, moral e psicológica, entre outras agressões, Sra Carlinda fez uma oração por todas as mães, e os adolescentes que estiveram presentes, Senhora Carlinda com palavras simples, falou para todas as mães, a importância de amar seus filhos, e protege-los das drogas e más amizades, que normalmente eles procuram nas ruas, o carinho que não encontram em casa.


 
Em seguida foi feita a apresentação da peça teatral o leilão de uma alma, apresentada pela força jovem Brasil essa peça, tem por finalidade mostrar o grande valor da alma humana, que somente o Senhor Jesus pagou um alto preço pela vida da humanidade. todos os adolescentes nessa hora da apresentação ficaram em silêncio, creio que está peça tocou fundo, em cada um.




 na mesma oportunidade da peça teatral, Dra. Rita, comentou a peça, falou da importância que tem a alma humana,disse ela:  seu filho é muito importante,você tem que saber da vida dele, das suas amizades, como está no colégio, abraça-lo, e deixar bem claro que você se importa com ele, também sou mãe e sou amiga dos meus filhos, o que nossos filhos precisam saber, é que nosso ombro está a disposição a qualquer momento. finalizou ela.


Em seguida Dona Carlinda, fez uma brincadeira com as mães, e os filhos, colocou uma venda nos olhos, das mães para que elas reconhecessem seus filhos através do toque, e por incrível cada uma reconheceu o próprio filho, só através do toque, nesta brincadeira ficou um alerta para as mães, a importância do toque de abraçar os filhos, e todas as mães receberam um presente em homenagem ao dia das mães, e não ficou só no presente, receberam também um livro autografado  de poesias da Sra Carlinda.
 


 
E nesse clima de união Sra Carlinda chamou o Pastor Geraldo Vilhena Coordenador responsável pelo trabalho da Fundação Casa de São Paulo, para fazer uma oração pelos adolescentes. Ele pediu para que todos dessem as mãos em  oração, na oração pediu para que o amor de Deus habite em cada coração. e  que haja uma transformação na vida dos adolescentes, que abandonem a vida errada, e que reflitam sobre suas amizades, também orou pelo grupo  Raabe, na oração falou da importância desse trabalho.
 E para completar a festa,  foi servido , salgados, refrigerantes, e  muito bolo, para a alegria de todos.
 Para finalizar a festa. A diretora da Casa, junto com os coordenadores e funcionários agradeceram a presença da IURD, e do grupo Raabe,  e disseram que as portas estarão sempre abertas para novos eventos.