sábado, 30 de janeiro de 2010

IURD testemunho


EU E MEU FILHO
“ÉRAMOS DESPREZADOS”

Quando conheci meu marido, eu tinha 10 anos e ele,13.Morávamos no mesmo bairro,ele era amigo dos meus irmãos e estudavam juntos.Entre namoro e noivado,foram 9 anos de muitas brigas,discussões e problemas provocados pelo excesso de ciúmes por parte dele.Eu não tinha liberdade nem para falar com as minhas amigas.Na época,tinha esperança de que com o casamento viriam o amadurecimento,a confiança e tudo se resolveria .Mas não foi isso o que ocorreu,pelo contrário,nossa vida se transformou num inferno.
Aparentemente era tudo normal, tínhamos carros,apartamento,meu marido era gerente bancário e eu também era bem-sucedida em uma empresa multinacional.Tudo parecia perfeito,mas,já no primeiro ano de união,as coisas não caminharam bem e as brigas aumentaram.Quando engravidei,as coisas pioraram.Jamais pensei que seria tão desprezada num momento tão especial.Ele não ligava para mim,saia com os amigos do banco,chegava tarde.foram 9 meses sem meu marido,ele não me dava a mínima atenção ou carinho.Nunca perguntou se eu estava bem,se precisava de algo,foi um completo abandono.Chorava todos os dias.Quase abortei.Não perdi meu filho por um milagre.Um dia ,estava numa clinica internada,quando fiz um voto com Deus:que se não perdesse meu filho,ele serviria ao Senhor Jesus e se chamaria Thiago (nome bíblico).
Ele nasceu, e então eram dois desprezados a ponto de meu esposo não suportar nem o choro do bebê.Eu ficava com medo de ele se descontrolar e querer matá-lo,lançando-o pela janela do apartamento,o que de fato,um dia,quase aconteceu.Tive que me trancar no quarto para evitar uma tragédia.Vivia desesperada.Para defender meu filho,constantemente me trancava com a criança num quarto.Isso ocorreu durante uns 9 meses.Contei para minha mãe tudo o que estava ocorrendo e ela ficou surpresa,pois tinha o meu marido como um filho.Ela me aconselhou a lutar para salvar meu casamento e me orientou a participar de uma reunião na Igreja Universal,onde ela já freqüentava.Fui à IURD porque refleti que não era normal alguém viver da forma como eu estava vivendo.Comecei a participar das correntes de oração.Foram 2 anos de muita luta,mas não acontecia nada.Por quê?
Porque meu objetivo era a solução daquele problema. Eu não entregava o meu coração a Deus ,estava interessada numa solução rápida.Já não tinha mais forças ,estava cansada de tudo... Um dia , fiz um voto com o Senhor dizendo:a partir de hoje,eu não quero mais me preocupar com o meu casamento,o que eu quero mesmo é Te conhecer;confiar no Senhor e entregar a minha vida a Ti.Eu já não agüento mais.
Quando passei a buscá-lo, deixando meu casamento em segundo plano,tudo começou a mudar.Meu marido viu uma mudança em mim,pois me tornei uma nova pessoa.Acreditei que ele também poderia se tornar um novo homem.Foi quando começou a ir à Igreja e nossa vida mudou em todos os sentidos.Hoje há respeito,amor e cumplicidade.Estamos casados há 27 anos,25 seguindo e servindo ao Senhor Jesus com toda a fé,que vai se renovando todos os dias.E aquele menino que Ele me deu,hoje é um homem de Deus ganhando almas em outro pais.

sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

Fonte da Juventude


FONTE DA JUVENTUDE:AS PROMESSAS DE CORPO PERFEITO SÃO UMA REALIDADE, UMA ARMADILHA PARA LUCRAR OU DEPENDE DA GENÉTICA DE CADA UM? O homem será eterno a partir do ano 2045. É o que garante a ciência. Para um grupo de pesquisadores norte-americanos, até lá ninguém mais vai morrer de velhice. A ciência está atrás da fonte da juventude e, em menos de cinquenta anos, remédios, tecnologia e a invenção de ‘medicamentos eletrônicos’ manterão os homens vivos eternamente. A equipe de cientistas reconhece que esse fato ainda é visto pela maioria da população mundial como algo sem o mínimo de lógica e desprovido de possibilidades de ser concretizado. No entanto, os pesquisadores lembram que os avanços na medicina, no último século, contribuíram imensamente para aumentar a expectativa de vida do homem. E eles têm razão. Para se ter uma ideia do extraordinário avanço da ciência em busca da vida eterna, basta lembrar que, entre os antigos romanos, a expectativa de vida era de 20 anos. Um terço deles morria antes dos 6 anos, e apenas 60% sobreviviam até os 16. Aos 26 anos, 75% já haviam desaparecido e, aos 46, a morte já havia tolhido 90% dos romanos. À condição de ancião, alcançada aos 60, somente chegava 3% daquela população. Atualmente, segundo pesquisas sobre o envelhecimento da população mundial, lideradas pelo cientista australiano Justin Healey, apenas um terço dos que passaram dos cem anos vive acamado ou precisa de cuidados de terceiros. Um outro terço precisa de alguma ajuda especial, mas não é totalmente dependente. O restante é capaz de viver com pelna independência. A pesquisa confirmou também que somente 3% a 4% das pessoas com 60 a 74 anos são dependem de cuidados constantes e que, entre os que têm de 75 a 85 anos, esse índice é de apenas 10%. Após os 85 anos, mais de 70% conseguem dar conta de si mesmos e cuidar plenamente da vida.

quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

Polícia brasileira


POLÍCIA BRASILEIRA:O QUE MAIS TEM OFUSCADO O DESEMPENHO DELA SÃO OS BAIXOS SALÁRIOS, O ÊXITO DO CRIME OU A POLÍTICA DO PAÍS? De acordo com os especialistas, é preciso que haja parceria entre municípios, Estados e a União para que as polícias militar e civil possam combater o crime no País, além de trabalho conjunto e coeso entre todas essas esferas. Pensando nisso, o governo federal, nos último dois anos, aumentou 74% os recursos para Polícia Federal, que conta atualmente com pouco mais de 11 mil homens. Durante esse período, o governo federal faz também uma avaliação otimista da segurança pública: “A Polícia Federal e a Militar da maioria dos Estados têm sido exemplar não só em atitudes republicanas, como também na eficiência no combate ao crime”. Há que se ressaltar que o trabalho da PF tem sido eficiente, no entanto, as estatísticas mostram que ela, sozinha, não tem sido suficiente para combater do modo satisfatório o crime no Brasil. “É preciso que os mesmo investimentos que chegam à elite da polícia nacional atinjam com a mesma intensidade a Polícia Militar e a Civil, principalmente no que diz respeito a reajustes salariais, do contrário, a população continuará a sofrer com o clima de insegurança e guerra vividos nas ruas das principais cidades brasileiras”, alertam os especialistas. A Polícia Militar do Rio de Janeiro, por exemplo, encarregada de cuidar de um dos Estados mais violentos do Brasil, tem o segundo menor salário do País. Os PMs fluminenses ganham, em média, R$ 874 (no Estado do Rio, o menor salário é o do professor, de R$ 862). Em Alagoas, a remuneração é ainda menor. Em início de carreira, um policial recebe R$ 850 mensais. “Quem se sente motivado a arriscar a vida com um salário desses”, questionam os profissionais. Nos Estados Unidos, todos os policiais têm nível superior (no Brasil, apenas 8% da corporação tem esse nível de escolaridade), treinamento que condiz com a realidade das ruas, programas de reciclagem profissional e salário que parte de R$ 4.500.

terça-feira, 26 de janeiro de 2010

IURD Bispo Macedo



Dúvida e Medo
Contrapondo a fé e a coragem vêm a dúvida e o medo. Enquanto o Bem usa a Voz da fé para encorajar, o mal usa a voz da dúvida para aterrorizar. A quem seguir? A quem servir? Que decisão tomar?
No conflito íntimo entre estas duas vozes só há um jeito: duvidar das dúvidas!
Duvidar da dúvida é duvidar da força do mal. Quando ele diz: “cuidado, isso pode dar errado. Não deu certo com o fulano”, etc, a resposta imediata deve ser: “Se Deus é comigo, quero ver com meus próprios olhos que Ele é comigo!” E, então, vá fundo, sem medo.Essa batalha com a dúvida é travada no íntimo e é justamente aí que se define a vitória.
Isso é combater o bom combate da fé para se tomar posse, não apenas da vida de qualidade, mas, sobretudo, da vida eterna. (I Timóteo 6.12)
Crer em Deus significa muito mais do que acreditar na Sua existência. Mas acreditar que Ele fará o que prometeu que faria.
Publicado por Bispo Edir Macedo

segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

23 milhões de endividados no Brasil


23 MILHÕES DE ENDIVIDADOS NO BRASIL:RESULTADO DA MÁ ADMINISTRAÇÃO, DO CRÉDITO FÁCIL OU DO CONSUMO EXAGERADO? De acordo com dados obtidos através do Banco Central (BC) e divulgados recentemente pelo jornal O Estado de São Paulo, o endividamento do brasileiro cresceu 47% nos últimos 26 meses e, no primeiro semestre de 2009, o valor dessa dívida atingiu 35% da renda anual dos inadimplentes. O BC informou também que a inadimplência de pessoa física bateu recorde histórico em maio de 2008, como, posteriormente, foi comprovado pelo IBGE, que apontou, em números absolutos, 23 milhões de endividados no País, hoje com população em torno de 195 milhões. Segundo o BC, o crescimento do nível de endividamento das famílias brasileiras é um movimento associado ao próprio desenvolvimento do mercado de crédito, que era ‘incipiente’ antes da consolidação da estabilidade da economia mundial. Mesmo assim, a partir de julho de 2009 começou-se a observar, ainda que de forma modesta, novo declínio no número de inadimplentes. O BC se mostra otimista com relação ao futuro financeiro das famílias brasileiras, mas acredita que o momento, pós-crise, pede cautela. A justificativa para o período de atenção se sustenta nos próprios dados divulgados pelo Banco Central: Mais de 15 milhões de clientes de bancos têm dívidas acima de R$ 5.000,00, número 47% maior que o medido em dezembro de 2005 e 13,6% maior que a marca alcançada um ano atrás; São 80 milhões de clientes com alguma dívida, mesmo que pequena; Cada consumidor tem, em média, 3 débitos diferentes (carro, casa e empréstimo); O uso do rotativo do cartão de crédito (não pagamento integral da fatura) cresceu 30,4% nos últimos 12 meses, ficando atrás apenas do crédito consignado (crescimento de 31,9%); A dívida das pessoas fisicas com os bancos somam R$ 442,4 bilhões. Desse total, 33% (R$ 146 bilhões) vencem em até 180 dias e 16,8% (R$ 74,7 bi) vencem em até 360 dias. Para os economistas, o brasileiro tem se endividado mais porque está mais otimista com a situação do País. “Talvez até mais otimista do que pode sugerir a realidade”, dizem. Por isso mesmo, eles aconselham “Independentemente da situação do país, o mais seguro e prudente é evitar dívidas. A regra é simples: não deixe de comprar, mas compre apenas quando tiver dinheiro”.

sábado, 23 de janeiro de 2010

Viver sem sexo


VIVER SEM SEXO Um estudo publicado recentemente por uma revista americana mostrou que, em praticamente todo o mundo, há cada vez mais jovens adeptos do voto de castidade até o dia do casamento. Em contrapartida, o estudo revelou também que esses jovens praticam sexo tanto quanto aqueles que nunca se disseram abstinentes. Segundo os responsáveis pela pesquisa, da Escola John Hopkins Bloomberg de saúde pública, dos Estados Unidos, o mais grave é que os que prometeram virgindade mostram menos probabilidades que os outros de usar preservativos e de recorrer a qualquer forma de prevenção à gravidez ou a doenças sexualmente transmissíveis. Depois de quebrada a promessa de se manterem virgens – o que ocorre em média cinco anos depois – 80% desses jovens negaram um dia a terem feito. Outro ponto preocupante, e que pode aumentar a incidência de doenças entre esses indivíduos, é a pratica de sexo anal ou oral, sem prevenção. “Muitas garotas adeptas do voto de castidade acreditam que a virgindade só é perdida se houver rompimento do hímen”, explicam os pesquisadores. Com relação às alterações orgânicas experimentadas pelos abstinentes sexuais, estudos realizados pelo mesmo instituto comprovaram que breves períodos de abstinência sexual, nos homens, resultam em aumento do volume e da potência do sêmen. Apenas 72 horas sem sexo são capazes de dobrar o volume do esperma, mas este efeito diminui se o tempo de abstinência for prolongado. Depois de uma semana a dez dias sem atividade sexual, o aparelho reprodutor masculino diminui pela metade a produção de sêmen. Depois desse período, a qualidade do esperma também começa a ficar comprometida. Nas mulheres, a abstinência sexual prolongada pode resultar em ressecamento e perda da elasticidade dos tecidos vaginais. Sem não houver atividade sexual durante vários anos, o fechamento do canal vaginal pode se tornar quase irreversível, impossibilitando nova relação. Para os ministérios da Saúde e da Educação brasileiros, não promover um programa de abstinência sexual entre os jovens, como acontece em países como EUA e Canadá, não é estimulá-los à prática sexual irresponsável. “O dever do Estado é formar indivíduos hábeis o suficiente para tomarem suas próprias decisões sem colocar a sua saúde e a dos outros em rico”, defendem as autoridades.

quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

IURD Princípio das Dores



CAPÍTULO MATEUS 24
1 E, QUANDO Jesus ia saindo do templo, aproximaram-se dele os seus discípulos para lhe mostrarem a estrutura do templo.
2 Jesus, porém, lhes disse: Não vedes tudo isto? Em verdade vos digo que não ficará aqui pedra sobre pedra que não seja derrubada.
3 E, estando assentado no Monte das Oliveiras, chegaram-se a ele os seus discípulos em particular, dizendo: Dize-nos, quando serão essas coisas, e que sinal haverá da tua vinda e do fim do mundo?
4 E Jesus, respondendo, disse-lhes: Acautelai-vos, que ninguém vos engane;
5 Porque muitos virão em meu nome, dizendo: Eu sou o Cristo; e enganarão a muitos.
6 E ouvireis de guerras e de rumores de guerras; olhai, não vos assusteis, porque é mister que isso tudo aconteça, mas ainda não é o fim.
7 Porquanto se levantará nação contra nação, e reino contra reino, e haverá fomes, e pestes, e terremotos, em vários lugares.
8 Mas todas estas coisas são o princípio de dores.

TRIBULAÇÃO“Então sereis atribulados, e vos matarão. sereis odiados de todas as nações, por causa do meu nome, Nesse tempo, muitos hão de se escandalizar, trair e odiar uns aos outros;levantar-se-ão muitos falsos profetas e enganarão a muitos.E,por se multiplicar a iniqüidade,o amor se esfriará de quase todos.Aquele ,porém,que perseverar até o fim,será salvo.E será pregado este Evangelho do reino por todo o mundo,para testemunho a todas as nações.Então,virá o fim.Quando,pois,virdes o abominável da desolação de que falou o profeta Daniel,no lugar santo (quem lê entenda)...”(Mt 24.9-15) De acordo com teólogos,aqui o arrebatamento já aconteceu.Nesse período é que a aliança de Israel com o anticristo e o último ditador mundial provavelmente será tratada.As leis serão mudadas.a Lei de Deus será completamente ignorada,a Bíblia será rejeitada e a conseqüência será uma apostasia sem limites.

0 FIM“...Então,vira o fim.”(Mt 24.14)O termo “o fim”provavelmente significa as últimas e mais fortes dores de parto antes que a nova vida irrompa e Jesus volte.

O ABOMINÁVEL DA DESOLAÇÃO“Quando, pois virdes o abominável de desolação de que falou o profeta Daniel no lugar santo...”(Mt 24.15)Aqui é descrita a metade dos sete últimos anos e o fator desencadeante dos últimos três anos e meio.O abominável da desolação consistirá do anticristo se assentando no novo templo reconstruído em Jerusalém.(2Ts 2.3.4)

DEPOIS DA TRIBULAÇÃO“Logo em seguida á tribulação daqueles dias, o sol escurecerá, a lua não dará a sua claridade, as estrelas cairão do firmamento e os poderes dos céus serão abalados. Então, aparecerá no céu o sinal do Filho do Homem; todos os povos se lamentarão e verão o Filho do Homem vindo sobre as nuvens do céu, com poder e muita glória. E ele enviará os seus anjos,com grande clangor de trombeta,os quais reunirão os seus escolhidos, dos quatro ventos ,de uma a outra extremidade dos céus.”(Mt 24.29-31)

GUERRASDurante o século XX, mais de 80 milhões de pessoas pereceram por conta de conflitos armados. Na Segunda Guerra Mundial, morreram 56 milhões; na Primeira,20 milhões;na Guerra da Coréia , 2 milhões;na do Vietnã ,1,8 milhão ; na de Bangladesh,1,5 milhão;na da Indochina,1,2 milhão;e na Guerra de Secessão de Biafra foram 1,1 milhão.


EPIDEMIASAlgumas doenças consideradas erradicadas, como tuberculose, dengue e varíola, reapareceram com força total. A cada ano surgem superbactérias que já não são combatidas por antibióticos poderosos. As epidemias mataram muita gente: peste negra (um terço da população européia ),suor inglês (metade da população de Londres),cólera(30mil)gripe espanhola (50 milhões).
GRIPE SUINA
Fonte; instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE)



VULCÕES
Estima-se que existam atualmente 1.500 vulcões ativos no mundo-550 em terra e o restante nos oceanos, Na Itália, há cinco vulcões “preocupantes”;no Japão,86.


INUNDAÇÕESEm todo o Século XIX, três grandes inundações abateram a Terra,gerando o óbito de 938 mil pessoas.No século XX,até agosto de 1996,aconteceram 82 grandes inundações em diversos pontos do planeta.O total de mortes contabiliza aproximadamente 4,72 milhões de pessoas.
Fonte: World Almanac.

TERREMOTOSPesquisas apontam cerca de 500 mil tremores, a cada ano, em todo o globo. Estima-se que haja em torno de um milhão de sismos, dos quais 100 mil são percebidos pelas pessoas com seus próprios sentidos e pelo menos mil causam danos.

HAITI Terremoto em 12/01/2010
Mortos aproximadamente 200.000 pessoas


























Próximo do templo de Salomão, jovens internos da Fundação CASA são batizados nas águas.


Jovens assistiram a reunião no Brás, se batizaram e conheceram as instalações do futuro Templo de Salomão

Por Cinthia Meibach








Internos da Fundação Casa são batizados



Jovens infratores que cumprem medidas sócio-educativas na Fundação Casa, no estado de São Paulo, recebem semanalmente o apoio espiritual dos voluntários da Igreja Universal do Reino de Deus, que levam a eles mensagens de fé e de esperança. Durante os encontros, os internos são orientados, à luz da Bíblia, a manter um bom comportamento dentro e fora da Unidade de Internação. Os voluntários também proporcionam momentos de descontração com a apresentação de peças teatrais e de bandas musicais.
Neste último domingo, algo diferente aconteceu. O juiz responsável pelos internos da Unidade de Bela Vista, localizada na zona norte da capital paulista, liberou quatro jovens para participarem da “Reunião do Encontro com Deus”, na Igreja Universal do Reino de Deus, no bairro do Brás, sob os cuidados de funcionários e do diretor da Unidade, Marcelo José Pogolom.
Durante a reunião, os internos acompanharam com atenção os ensinamentos dados pelo responsável evangelístico da região, bispo Guaracy Santos, que enfatizou a importância de abandonar os maus costumes e começar uma vida longe do pecado. Tocados pelas mensagens de fé e pelas orações, os jovens decidiram se entregar a Deus por meio do batismo nas águas.
Um dos internos, J.M., de 16 anos, que já havia se batizado em outra ocasião, fez questão de relatar a mudança que aconteceu dentro dele, após o batismo nas águas: “Agora que estou batizado no nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, estou aliviado. Eu sinto que toda a maldade que havia dentro de mim saiu dando lugar a uma certeza de que Deus está comigo.”
Após a cerimônia, os adolescentes tomaram café da manhã e receberam mais orações do Coordenador Estadual de Evangelização na Fundação Casa, pastor Geraldo Vilhena. Para ele, poder acompanhar a transformação de vida de cada interno, é algo gratificante. “Procuramos levar aos internos o conforto espiritual, e por causa disso, muitos têm aceitado com interesse a Palavra de Deus e mudado de vida. Temos constatado o resultado do nosso trabalho quando estes decidem se batizar e, aqui fora, nos procuram, querendo dar continuidade ao que aprenderam enquanto reclusos", relata
Para finalizar a visita, os adolescentes foram levados pelo pastor Geraldo até ao local das futuras instalações do Templo de Salomão (foto acima), onde puderam ter a dimensão do novo templo que está por vir.

quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

Você sabe aproveitar seu tempo?


Você sabe aproveitar seu tempo?
Saber aproveitar o tempo é uma maneira inteligente de levar a vida. O problema de muitos é que, por não saberem aproveitá-lo em determinados momentos, acabam ficando frustrados. Esse assunto foi discutido em recente edição do programa “Coisas de Mulher” entre Vivi Freitas e suas amigas Bete Araújo e Paty Barboza. ` As apresentadoras debateram sobre a importância de utilizar o tempo. “As pessoas de sucesso sabem rentabilizar o tempo e conciliar os afazeres”, enfatizou Bete. As amigas destacaram algumas formas de desperdiçar tempo como, por exemplo, deixar de perdoar, de ser generosa e de tomar uma decisão. Para elas, esses são alguns dos motivos pelos quais muitas pessoas não alcançam o sucesso desejado. Para levar as telespectadoras a refletir sobre o tema, foi criado o quadro “Meditação”, no qual foi destacado o seguinte pensamento: “Esperamos demais nos bastidores, quando a vida tem um papel para desempenharmos no palco. Deus também está esperando que paremos de esperar. Esperando que comecemos a fazer agora tudo aquilo que justifique este dia e esta vida que nos foram dados.” Ao final do programa, as amigas destacaram a eficiência, a dedicação e o compromisso como pontos positivos que fazem o tempo trabalhar a favor de uma pessoa.

segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

A morte súbita cardíaca


Sem tempo de reagir
A morte súbita cardíaca, caracterizada como parada repentina do coração que leva o paciente à morte até 1 hora após os primeiros sintomas, atinge três vezes mais homens do que mulheres. É o que indica um estudo realizado na Northwestern University, de Chicago, nos Estados Unidos. Baseada em dados de 2.261 homens e 2.733 mulheres, a pesquisa verificou a incidência da morte súbita em um a cada oito homens acima dos 40 anos, contra uma em cada 24 mulheres da mesma faixa etária. “Esse e outros trabalhos apontam uma incidência maior em homens, principalmente jovens, em função de terem mais chance de apresentar, por exemplo, hipertensão arterial e coração mais dilatado, e não terem a proteção hormonal das mulheres. Prova disso é que, quando elas entram na menopausa, os riscos praticamente se igualam”, explica Agnaldo Pispico, diretor do Centro de Treinamento em Emergências da Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo. Segundo ele, novos casos de problemas cardiovasculares atingem cerca de 720 pessoas por dia no Brasil.

sábado, 16 de janeiro de 2010

A mulher jovem quer ser amada


'A MULHER JOVEM QUER SER AMADA; A MADURA, DESEJADA'.A AFIRMAÇÃO É FATO, RESULTADO DA FRUSTRAÇÃO OU DO MEDO DA IDADE?Quase toda menina sonha com o dia em que será uma mulher de verdade, madura, responsável e independente. Mas quando esse dia chega, tudo o que ela mais deseja é poder retornar no tempo, para então sonhar mais uma vez, e inocentemente, com o dia em que serão mais velhas. Essa não aceitação da própria idade, segunda a maioria dos pesquisadores, surge do próprio funcionamento social. Ou seja, numa cultura que condiciona os afetos, a aparência e os ‘valores de mercado’, e em que a juventude e a beleza são fatores determinantes da realização pessoal, o avanço da idade faz com que muitas mulheres se sintam excluídas e marginalizadas. Estudos mostram que as mulheres brasileiras começam a se preocupar com a velhice (e também senti-la) aos 40 anos. Nesta fase, elas entram em crise, começam a fazer loucuras, plásticas, lipoaspirações, aplicações de botox, etc. Com os homens, o envelhecimento ‘simbólico’ chega mais tarde. Geralmente eles começam a se sentir mais velhos aos 60 anos, época da aposentadoria, citada por quase todos como “um grande marco do envelhecimento”. Mesmo assim, para homens e mulheres as coisas já foram bem piores. Na época de Balzac, a crise geralmente se instalava, pelo menos na teoria, aos 30 anos. Na prática, depois dos 20 as mulheres já relatavam um profundo sentimento melancólico provocado pelo processo de envelhecimento. Ainda de acordo com os estudos, no Brasil as mulheres envelhecem ‘simbolicamente’ muito mais cedo do que os homens. Quanto mais velhas, menos chances elas encontram no mercado afetivo, sexual e profissional. Por sua vez, quanto mais velhos, mais os homens têm a oportunidade de explorar esse mesmo mercado. Apesar dessas diferentes concepções sociais, homens e mulheres relatam algumas queixas mais comuns decorrentes da idade. Elas reclamam mais da carência de um companheiro e da decadência do corpo. Já os homens se preocupam muito menos com a aparência, mas fixam suas queixas na a perda de poder e de prestígio social. Nesse momento, tanto eles quanto elas procuram superar esses problemas com a presença de um parceiro que represente o resgate dos valores sociais perdidos. Daí a busca incessante por pessoas bem mais jovens, que funcionaram como extensores do próprio ‘eu’.

sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

IURD Bispo Macedo



O Sábio e a Borboleta
Havia um pai que morava com suas duas jovens filhas, meninas muito curiosas e inteligentes.
Suas filhas sempre lhe faziam muitas perguntas.
Algumas, ele sabia responder, outras, não fazia a mínima ideia da resposta.
Como pretendia oferecer a melhor educação para suas filhas, as enviou para passar as férias com um velho sábio que morava no alto de uma colina.
Este, por sua vez, respondia todas as perguntas sem hesitar.
Já muito impacientes com essa situação, pois constataram que o tal velho era realmente sábio, resolveram inventar uma pergunta que o sábio não saberia responder.
Passaram-se alguns dias e uma das meninas apareceu com uma linda borboleta azul e exclamou para a sua irmã:“Desta vez, o sábio não vai saber a resposta!”“O que você vai fazer?” Perguntou a outra menina.“Tenho uma borboleta azul em minhas mãos. Vou perguntar para o sábio se a borboleta está viva ou morta. Se ele disser que ela está morta, vou abrir minhas mãos e deixá-la voar para o céu. Se ele disser que ela está viva, vou apertá-la rapidamente, esmagá-la e, assim, matá-la. Como consequência, qualquer resposta que o velho nos der vai estar errada.”
As duas meninas foram, então, ao encontro do sábio, que estava meditando sob um eucalipto na montanha.
A menina aproximou-se e perguntou se a borboleta em sua mão estava viva ou morta.
Calmamente o sábio sorriu e respondeu:“Depende de você. Ela está em suas mãos.”
Assim é a nossa vida, o nosso presente e o nosso futuro.
Não devemos culpar ninguém porque algo deu errado.
O insucesso é apenas uma oportunidade de começar novamente com mais inteligência.
Somos nós os responsáveis por aquilo que conquistamos ou não.
Nossa vida está em nossas mãos, como uma borboleta azul.
Cabe a nós escolher o que fazer com ela, só a nós. Não deixe ninguém interferir nisso. Nunca!
Publicado por Bispo Edir Macedo

quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

IURD doa milhares de Bíblias para Fundação Casa


Milhares de Bíblias são ofertadas pelos membros da Igreja Universal do Reino de Deus para os jovens internos da Fundação CASA de São Paulo.


0s obreiros(as) e membros da Igreja Universal do Reino de Deus,reconhecendo que os maiores problemas dos jovens internos da Fundação Casa (antiga FEBEM) é espiritual fizeram doações de milhares de Bíblias para todos os internos e famílias da Fundação Casa de São Paulo. O objetivo principal é proporcionar meios para que o adolescente receba formação espiritual necessária para que haja mudanças em seu comportamento, acarretando assim, uma transformação em suas vidas e bom exercício da cidadania .










































"Procuramos conscientizar os jovens e famílias que a verdadeira direção para nossa vida vem da Palavra de Deus quando guardamos no nosso coração e usamos com toda a nossa fé inteligente disse Pastor Geraldo Vilhena Coordenador Geral de Evangelização em Unidades da Fundação Casa de São Paulo. Agradecemos a todos os obreiros e membros pela atitude de fé de doar estas milhares de Bíblias.


"Lâmpada para os meus pés é a tua palavra e, luz para os meus caminhos".
Salmos 119,105